Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Fernando Justino- Campeão Distrital Maratona – ACD Lisboa 2019

Fernando Justino senhor de 58 anos na campanha que passou concorreu em nome individual, enquanto anteriormente competia em nome de  Júlio, Justino & Vítor e no ano que vem será apenas Justino & Júlio. Há dois anos encestava em Camarate, e na última campanha em Sacavem… a próxima ainda não sabem. A sociedade começou na aldeia columbófila do Prior Velho, entretanto fizeram pombal em Sacavem e finalmente reconstruiram um pombal pequeno no Bairro de Santiago em Camarate. Segundo o entrevistado daqui em diante manterá a sociedade fechada apenas ao seu amigo Júlio, columbófilo de 55 anos e amigo fiel há longa data… só em sociedade já passaram 20 anos.

Frente dos Pombais de Competição

IMG_3703.JPG

Fernando Justino actualmente faz parte da equipa técnica da selecção Nacional de Futebol, liderada por Fernando Santos, como treinador de Guarda redes, quando a selecção entra em estagio fica ausente das lides columbófilas, e diz-nos mesmo que se desliga completamente da columbofilia, para se poder concentrar no trabalho, nessa altura o Júlio assume na integra o cuidado da colónia, sendo que as instruções ficam dadas, antes da partida.

 

Campeonato Distrital Maratona 2019 – ACD Lisboa

23704 Fernando Justino Sacavém 5738
43528 Carlos Antonio C Pechorro Aveiras 5691
59023 Team Carnaxide Lusitano 5662
6547 Telmo Luis Dias Santos Pedro Loures 5638
40816 Os Asas Castanheira 5634

Esta campanha de 2019 foi bastante interessante, sagraram-se campeões Geral na Sociedade Columbófila de Sacavém, Campeões velocidade e Meio Fundo.

No Distrito estavam integrados na Zona B 

Vice Campeões Gerais,

Vice Campeões de velocidade

3º Campeonato meio Fundo

4º Campeonato Fundo

Anilha Prata Fundo

1º Campeonato Maratona

3º Campeonato Inter Regional Lisboa \ Setúbal

vice campeão nacional absoluto

Pombal de Machos

IMG_3707.JPG

Classificações Distritais Maratona 2019

2019/05/04 11 – Valência Del Cid Fundo 765205,1 15/4787 1º, 37º, 72º, 74º, 345º, 371º, 413º, 716º, 1078º 2864
2019/06/15 17 – Rada Fundo 744927,8 15/3315 10º, 18º, 36º, 53º, 84º, 172º, 188º, 190º, 235º, 398º, 422º, 441º, 794º 2874

Estamos a falar num pombal bem concebido, com bom aproveitamento de cada centímetro, muito bem cuidado e pensado. O sistema nesta altura do ano é simples: os adultos estão a recuperar energias despendidas na altura dos concursos, fazendo uma muda da pena tranquila em cativeiro, enquanto a malta nova vem à rua diariamente e sempre que a meteorologia o permita, comem todos uma única vez por dia, à excepção dos pombos que ainda estão a criar, esses fazem duas refeições diárias. Esta situação mantém se até à pré competição. Depois iniciam a fase de alimentar duas vezes ao dia.

Pombal Fêmeas I

IMG_3711.JPG

Um outro excelente resultado desta campanha de 2019 foi precisamente o 1º Distrital de Valência, contra 4908 Pombos

6160435/16 POR 23704 Fernando Justino 16:54:05 1256,323 1520
6473853/16 POR 55303 Pinto & Meireles 17:04:22 1252,318 1519
6161114/16 POR 59464 Paulo, Cesar & Morais 16:37:04 1249,036 1518
7141576/17 POR 59456 Buda Racing Team Rogerio/Dino 17:00:12 1248,299 1517
6275116/16 POR 54849 Asas do Oriente / Pedro 17:04:11 1245,501 1516

1º distrital valência 04\05\2019 contra 4908 Pombos

0435 justino.jpg

Quanto a pombos cultivados, temos de começar pelo principio. Inicialmente entraram os “Armindos”, que tinham na sua base os Elois. Estes são os pombos que têm atravessado gerações sempre a serem seleccionados neste pombal. Na altura da sociedade com o Victor, ele trouxe os seus pombos e foram cruzados com os que já estavam nas instalações, o sangue diluiu se um pouco, mas a base é a mesma: pombos do Marinho da Ajuda, José  Mendes de Caselas, muitos deles recuperados para o Justino através de Carlos Russo e do Zeca. Todos os elementos que entram são passados nestes pombos e depois analisado se permanecem ou saem em definitivo.

Temos um vista magnifica do Pombal

IMG_3713.JPG

Na columbofilia têm poucos amigos, mas bons e com essas amizades têm introduzindo bons pombos e recuperado alguns que tinha perdido entretanto, nomeadamente pessoas como Carlos Russo, Mota, Zeca, o Marinho o José Manuel e ultimamente tem um parceiro especial que é Miguel Rodrigues com quem até tem uma parceria para participarem em Derbys e com quem mantém um relacionamento de partilha e cumplicidade columbófila muito próxima. Falam abertamente sem qualquer reserva. Uma das melhores fêmea no distrito de Lisboa este ano na especialidade de fundo foi precisamente uma oferta do seu amigo. Resultado desta proximidade, foi a introdução de alguns pombos no Miguel que já em vários casos  se mostraram ser uma mais valia e outros estão a ser experimentados actualmente.

Corredor Frontal de Entrada

IMG_3717.JPG

Os pombos que mais contribuíram para o titulo distrital da maratona, foi precisamente a fêmea que ganhou o valência distrital que é uma pomba que representa a fusão dos amigos mais próximos do Justino: tem Carlos Russo linha da 5000, tem dos seus pombos antigos, neste caso ninho 5 e do outro lado um pombo Holandez adquirido ao “Mota”, pombos conhecidos como “escamudos”, pombos muito bons de Fundo e os Pombos do Pedrito (Asas do oriente) concorrente do Lusitano… estes são uns pombos Belguitas \ Gabys. Resumindo Mãe: Gaby \ Belguita , Asas do Oriente e pai, escamudos \ Armindo \ 5000.

A outra  pomba que contribuiu bastante para o titulo foi a de Miguel Rodrigues.

Pai da campeã de valência

“Escamudos X Armindo ninho 5 \ 5000 de Carlos Russo”

O ninho 5 era feito por um macho do casal base (Fodinhas X Fêmea do Restolho), cruzado a uma pomba da linha do seu sócio Victor. Do casal base no primeiro ano tiraram 6 filhos e todos eles foram, passados à reprodução, quando os seus filhos começaram a voar…tudo foi diferente dai para a frente, era um casal fantástico.

7945.jpg

A historia destes homens na columbofilia remonta à altura dos gloriosos de Lisboa, inicialmente quem apostou nestes pombos para a reprodução foi o Justino,  jogava no belenenses e como figura pública foi mais fácil ir  a casa do Marinho de Lisboa, depois levou lá o seu amigo Zeca e por sua vez levaram lá o Carlos Russo… o celebre “Fodinhas” vem de uma destas visitas e é oferecido pelo Marinho ao Zeca, entretanto durante um período de menor amizade como Marinho desfez se de todos os pombos que lhe tinha adquirido e mais tarde veio a recuperar esse sangue através do Zeca e de Carlos Russo.

 

Pombal de Fêmeas de Competição

IMG_3721.JPG

Mas os bons resultados apesar de terem muito a ver com os pombos que possuímos, também tem a ver com o empenho a dedicação que empregamos à nossa equipa e depois a base familiar na casa de cada um, os nossos entrevistados por mais do que uma vez fizeram a ressalva que para alem de se sentirem agradecidos pela compreensão das suas esposas, tem-lhe a dedicar todo o sucesso, elas sofrem bastante pela sua ausência… todo o tempo dos maridos, vai para o trabalho e para os pombos.

logotipo justino.jpg

Dupla: Justino & Júlio

IMG_3694.JPG

Mãe da campeã de valência 2019

Gaby \ Belguita  (Asas do Oriente)

 

 

1654 justino.jpg

Não existem muitos segredos na columbofilia. Bons pombos, empenho dedicação, bons amigos, alguma sorte e traçar um objectivo e um caminho e depois seguir por ele… tentar seguir ideia próprias… errar é humano e nunca esquecer que pombos educados é meio caminho andado: A educação dos pombos logo desde tenra idade é fundamental.

Este ano a aposta vai ser apenas nas fêmeas, em virtude da disponibilidade do Justino que muitas vezes está ao serviço da selecção nacional de Futebol e não pode tratar dos pombos , enquanto o Júlio trabalho por turnos, trocando de horário de mês a mês.

destaque Fernando Justino

O Fernando é columbófilo de carreira, se assim se pode dizer. Começou a ajudar um velho columbófilo, quando ainda tinha apenas 6 anos, começou por ser columbófilo e só depois jogador de Futebol, porque a jogar começou com 11 anos no Sporting Clube de Portugal e esqueceu os pombos até aos 23 anos de idade, entretanto foi emprestado pelo Sporting a outros clubes, mas quando regressou ao Sporting voltou aos pombos e assim se mantém até agora. Foi jogador profissional até aos 36 anos, depois começou a sua carreira no Atlético como treinador. No ano seguinte foi para a formação do Sporting, sempre  no treino especifico de Guarda Redes.

Foi um enorme prazer visitar e entrevistar estes homens. Nos dias que correm, numa fase que poucos jovens entram na modalidade, uma das formas que temos de os cativar e mostrar que as figuras publicas… os seus ídolos também gostam do pombo Correio e da columbofilia… há que partilhar estes factos aos “7 ventos”.

Obrigado pela calorosa recepção. Força Justino… força Portugal… força aos columbófilos… Até breve…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: