Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Alfredo Latas… Grande senhor da Columbofilia Nacional…

Bom dia caríssimos columbofilos… passaram alguns dias sem darmos noticias… a vida traz-nos encontros e por vezes desencontros… e o encontro com o Covid 19 deixou marcas e mazelas que têm teimado em não desaparecer, e de seguida mais uma ida abrupta à cama deitou por terra a ideia de ritmo que estávamos a levar… mas finalmente as coisas estão recompostas e sem perdermos mais tempo e sabendo de antemão que agora temos de apressar o passo para cumprirmos as metas delineadas… vamos seguir caminho e desde já entrar na vida de um grande senhor da columbofilia nacional… um verdadeiro amante do pombo correio e um verdadeiro columbofilo, na verdadeira essência da palavra… uma vida de entrega, dedicação e muito esforço sempre ao lado desta ave maravilhosa, ao lado da colectividades e da columbofilia em geral… quem é Alfredo Latas de Estremoz?

Para podermos contar a historia da vida de Alfredo Latas teremos que obrigatoriamente escrever a historia, pelo menos em traços gerais, da colectividade Rainha santa Isabel de Estremoz, já que o nosso entrevistado viveu grande parte da sua vida em dedicação a esta casa.

“No dia 13 de Julho de 1951, um grupo de Estremocenses apaixonados pela magia de uma ave, que ao longo da historia frequentemente tem dado magistrais lições de amor pelo lar e por quem dela cuida, decidiu fundar uma sociedade que se dedicasse integralmente à criação e competição de pombos correio, tendo como patrono essa figura ímpar e carismática da historia de Portugal, que foi a Rainha Santa Isabel. Tem esta agreminação conseguido levar ao longo dos anos o seu nome a todo o espaço columbofilo nacional e até internacional.” (documento interno da sociedade)

“Passados que são 70 anos é gratificante para todos os columbofilos em particular e Estremocenses em geral, ver como o sonho destes pioneiros se mantém vivo nos dias de hoje. Não tem sido só rosas como as que a Rainha transformou, o caminho percorrido pela sociedade. Pelo meio têm aparecido alguns espinhos, mas que em vez de desanimarem os associados, têm tido o mérito de os espicaçar e assim é com enorme sorriso que a Sociedade Rainha Santa Isabel encara o futuro.”

“Tal como a Rainha transformou o pão em Rosas, também esta sociedade conseguiu transformar-se rapidamente de uma agreminação pequena numa casa cheia de vitalidade, sendo uma das maiores sociedades da Associação Columbófila do Distrito de Évora, tanto em numero de associados como em pombos participantes em concursos. É sempre com alegria que os associados vêm chegar alguns jovens, dispostos a partilhar com os mais velhos os encantos e magia do pombo correio, desviado se dessa forma de caminho sinuosos, que alguma da nossa juventude tem optado.”

Comemoraram as bodas de ouro, há mais de duas décadas, foi um ano marcante na historia da colectividade, muitos projectos nessa altura estavam na cabeças dos directores e com muito empenho e dedicação foram alcançados, hoje são possuidores de uma sede fantástica condigna com os pergaminhos da sua historia, vicissitudes e méritos. Fundação em 13 de Julho de 1951… comemorou recentemente as bodas de “Vinho” – 70 anos…

Alfredo Latas actual presidente da Rainha Santa Isabel, uma colectividade que nos seus tempos áureos chegou a ter 54 concorrentes a encestar pombos. Uma personalidade que esteve e está envolvida em inúmeras iniciativas quer de dimensão local como Nacional. Participou activamente e na linha da frente na organização da Exposição nacional de columbofilia que se realizou em Estremoz no ano de 2006 em estreita colaboração com a Associação distrital. O columbofilia Online teve o privilegio de fazer uma viagem na historia com o nosso entrevistado reconstituindo os passos dados para o sucesso dessa exposição.

Alfredo latas inicia o seu contacto com a columbofilia em 1965, faz a sua primeira campanha em 1966… nesse ano, tinha 5 pombos e conseguiu marcar 2 pombos apenas em toda a campanha… diz nos que foi columbofilo nessa altura, hoje em dia é desportista… envia pombos todas as semanas e se eles se atrasarem ele espera-os na mesma e a alegria é a mesma quando pousam na patilha como se viessem ganhar um primeiro… quando chegam não os espanta. Inicia a primeira campanha em casa de sua avó, em 1982 muda as instalações para sua casa e ai permanecem até aos dias de hoje. Nunca parou a sua actividade, à excepção dos anos de 1973 e 74, anos de tropa.

Alfredo Latas regressa da tropa em Setembro de 1974 e a prenda que lhe deram foi em Outubro do mesmo ano ser convidado para dirigente, desde esse dia até 2012 passou por todos os cargos possíveis dentro da colectividade, desde Assembleia ao Conselho técnico e depois foi para a direcção… nesse ano de 2012 afastou se um pouco da colectividade e assim permaneceu 6 anos…. altura que se deparou com um dilema, ou afastava-se definitivamente da columbofilia ou voltava a uma direcção que tomasse as rédeas novamente dos destinos da columbofilia em Estremoz, porque a colectividade que deixou não era a que estava nem muito menos aquele que recebeu… e já vai novamente com 2 mandatos.

A nível da Associação Columbófila do distrito de Évora também deu muito de si e esteve envolvido em vários projectos, pertenceu aos órgãos sociais nomeadamente 4 anos com Hélder Pequito, depois com José Francisco esteve em 2005 e 2006 e nos dois anos seguintes com Sebastião Letras e o Pinto… voltou a integrar o grupo de trabalho de José Francisco durante mais 3 épocas e finalmente mais 4 anos com Domingos Passinhas… caros columbofilos… são 15 anos de dirigismo a nível associativo.

Desde a abertura do Clube de Fundo do Alto Alentejo em 2001, tem feito sempre parte dos órgãos sociais… uma vida dedicada à columbofilia… homens como Alfredo latas devem ser valorizados e acarinhados pela estrutura… já não se faz esta fibra hoje em dia.

A nível de exposições locais tem um envolvencia notável. A colectividade foi fundada em 1951, em 1952 já se pediram anilhas, a primeira campanha foi no ano seguinte e a primeira Exposição em 1954 e até 2019 nunca parou… foi das poucas colectividades que apenas fez um interregno no ano covid porque até então foram 66 Exposições seguidas e na sua grande maioria assessorado ou com participação activa do nosso entrevistado… é grandioso.

As actuais instalações foram inauguradas em 2006, precisamente o ano em que Alfredo Latas coordenou a realização da Exposição Nacional, um evento que marcou a historia da columbofilia local e não só… antes a colectividade tinha parcas condições, mas as actuais que resultam de uma luta de vários anos são verdadeiramente mais de 300 m de excelentes condições.

Na altura concorriam mais de 50 columbofilos, actualmente a tendência é haver um recuo no numero de praticantes e esta campanha foram perto de 25 participantes… o nosso entrevistado tem a opinião que os chamados “grandes” não fazem a sua parte de manutenção e desenvolvimento da columbofilia, muito pelo contrario… “em aguas com muitos tubarões … aparece pouco peixe miúdo… e o pouco que há, é comido… e o restante vai embora”.

Não pode haver…”pesca de Arrasto” é positivo o balizamento do numero de efectivos que devemos ter ao dispor anualmente para concorrermos, perdeu se essa medida em ano covid mas regressou em boa altura segundo Alfredo Latas, e o numero de 130 não são demais e a nível do pombo Ás tem de haver reestruturação também… cada columbofilo que queira encestar muitos pombos deve encestar varias equipas, 1 em cada colectividade, preferencialmente em blocos diferentes … se não é pesca de arrasto ou vez…

Distritos que permitam aos tubarões encestar 100 pombos ou 200 pombos ou ate mais, que existem vários casos em que na mesma coordenada encestam mais de 300 pombos num concurso de velocidade, voltamos à pesca de arrasto… quando as soltas são propicias para estes pombais receberem na cabeça, ganham 100 pontos aos adversários… quando as provas são propicias para os adversários, estes até podem fazer 1º e 2º ganham lhe 20 pombos… no final das contas estes não têm qualquer hipótese nos campeonatos…

Alfredo Latas foi delegado da Associação vários anos, representou o seu distrito inúmeros anos na federação e desta há 4 anos a esta parte é o delegado da federação em representação dos columbofilos… mas a idade começa a pesar, ir a Mira ao final do dia para reuniões que a correrem bem terminam perto da meia noite, e podem terminar mais tarde e regressar a Estremoz de madrugada… é muito duro e apesar de gostar de estar nos sítios onde se tomam as decisões por uma razão muito simples, gosta de cumprir para poder exigir… mas para a Federação faltam as forças para continuar.

Confessa que hoje em dia muitos falam por falar e têm pouco para dizer, e sente que a experiência dos mais velhos é fundamental para não haver perturbações e para que as coisas funcionem de forma oleada, mas tudo tem uma altura e 70 anos de idade já não deixam que o empenho seja igual… o corpo dá de si…

A nível competitivo… tem sido um desportista, conseguiu vencer dois campeonatos de velocidade e 1 de meio fundo… faz 2º no Fundo e no campeonato geral vários anos, mas nunca foi campeão… tem varias anilhas de ouro prata e bronze… mas tem um currículo, um empenho uma dedicação superior, sublime e que lhe confere na nossa modesta opinião o estatuto de super campeão… todos os dias dos seus mandatos abre a colectividade no horário combinado, normalmente entre as 21h e as 23h impreterivelmente… não é fácil caros leitores…

Enquanto dirigentes, diz-nos Aldredo Latas, não devemos dar motorizadas aos grandes e tirar a bengala ao coxo… devemos dar o mesmo nível de oportunidades a todos, governar pela media e não para um grupo minoritário, quer superior quer inferior. Antigamente os melhores directores, os presidentes de clubes ou associações não eram campeões, porque davam demasiado de si para o bem comum… hoje em dia as pessoas querem os cargos para se servirem deles…

Ao longo deste percurso inúmeras personalidades marcaram Alfredo latas… mas em especial e em Estremoz: Alexandre Madeira, não como columbofilo, mas como dirigente , o grande pai da obra feita em Estremoz. De forma emocionada Alfredo Latas diz nos que o que aprendeu com ele, ainda não encontrou a pessoa certa para passar o legado… afirma que se sente incapaz de transmitir o que aprendeu com esse grande senhor e isso causa lhe grande magoa. Por outro lado as pessoas não querem aprender “a meter ar nos pneus, querem conduzir logo a 120 Km \ h”.

Sócios Honorários da Sociedade Columbófila Rainha Santa Isabel

Alfredo Fateixa Palmeiro (socio n.º 1)

Alexandre Damaso Madeira

Arménio Marvão Fortio

Eloi Mendes Bagorro

João José Lopes – a titulo Postumo

José Afonso Curado Tabaquinho

José Palmeiro Fatexa

Sócios de Mérito da Sociedade Columbófila Rainha Santa Isabel

Luís Fernandes Nunes oliveira

João Manuel Fortio

Manuel Mendes Bagorro

Vitorino Marques Alves

Alfredo Latas que tem a mesma idade que a colectividade Rainha Santa Isabel e 50 anos de dirigente, deixa nos um ensinamento para a vida: antigamente em tempo de má memoria havia a politica dos 3 “F”, futebol, fado e Fátima… na opinião dele para se ser bom dirigente é preciso seguir a politica dos 3 “h”. honesto, honesto… honesto… isto é uma grande paixão… assim terminamos de forma emocionada e com lágrimas nos olhos…

Muito há por dizer, uma vida tão preenchida de luta e trabalho não se consegue resumir em alguns parágrafos, poderá ficar para uma próxima oportunidade… até breve…

2 Comments on Alfredo Latas… Grande senhor da Columbofilia Nacional…

  1. Grande homem,grande dieigente e grande amigo. Disto é muito difícil encontrar. Um forte abraço para o meu amigo ALFREDO.

    Liked by 1 person

  2. Das melhores pessoas que encontrei nos pombos e na vida, um colega exemplar, da minha parte o meu obrigado por toda a ajuda que sempre me deste, obrigado pelas horas ao telefone, tenho pena de não conseguir ligar mais vezes, gostava de conseguir ter metade da tua força para levar o barco para a frente.
    Grande abraço amigo.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: