Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Santa Rita -ACD Lisboa 3º Nacional Valência – Raio mais de 750 KM – 2021

Bom dia, boa tarde ou boa noite conforme a hora que o caro columbofilo esteja a ler estas palavras. Fomos ao encontro do nosso amigo Santa Rita em Lisboa, que venceu o 3º Nacional de Valência 2021 no raio de mais de 750 KM. Por si só esta visita foi muito especial em particular para mim que escrevo estas palavras… desde miúdo e ainda a viver em casa dos meus país na vila de Fronteira, na altura já concorrente na colectividade local, recebíamos a visita de Paulo Franco e Santa Rita que iam ao Alentejo caçar e habituei-me a ouvir as suas palavras desde essa altura… hoje já um homem feito foi um enorme privilegio rever um amigo que eu gostava tanto de escutar.

Pombal construído em 1990- atenção à particularidade da inclinação no patim de entrada

Apresentamos desde já atleta que fez a proeza de vencer o 3º lugar nacional no raio mais de 750 KM.

Viemos conhecer uma fêmea (Simon X Ansenne) por parte do pai e (Belga do Xico X “19” Paulo Franco) por parte da mãe

Santa Rita, rapaz de 53 anos, columbófilo desde 1986. Curiosamente iniciou se na columbofilia sem ser por influencia de alguém… o gosto pelo pombo nasceu e evoluiu desde menino quase de forma espontânea… quando via um pombo com uma anilha, ficava parado a idolatrar o animal… até um determinado dia que estavam uns fulanos à caça e na passagem de uns pombos um dos homens dispara e chumba um deles… o Santa Rita correu a salva-lo, cuidou dele, era um macho grande pedrado claro com uma anilha vermelha… o pombo recuperou, foi aduzido em sua casa, num pombal onde habitavam alguns pombos vulgares que com o tempo foram sendo substituídos por pombos Correio… assim nasce a paixão que atravessou toda a sua vida de forma muito intensa. Começou a concorrer com 18 anos no Paço de Arcos, um clube pequeno entretanto extinto, como dirigente começou com 19 anos em S. Domingos de Rana e até hoje foi sempre director sem interrupções.

Secção fêmeas adultas de competição

O Avô do nosso entrevistado negociava rações, com o pai de António Luís Galrão e viajavam muito até à Malveira… já eram da casa… a mãe de António Galrão contava historias que o seu filho era campeão columbofilo e assim acaba por conhecer o António e privou e aprendeu muito com ele, durante muitos anos… recorda também emocionado o seu grande professor na Columbofilia: Paulo Franco, amigos de longa data, desde criança. Recorda também com muita estima uma outra referencia na sua aprendizagem que foi o tio Restolho, o mestre columbofilo de Lisboa.

Resultados Valência 2021 mais de 750 KM Santa Rita: 3º Lugar

6199054/16 POR59657Alves & BrasFaro17:19:34752689.7 m1186.147
9061743/19 POR58137Pombal AzulLisboa17:50:36760994.0 m1143.320
9059014/19 POR10950Vitor Manuel Joao GoncalvesLisboa17:53:59754891.6 m1128.416
8220486/18 POR60201Team AlgueiraoLisboa17:59:17755112.3 m1119.874
7147390/17 POR20240Joaquim Antonio A FonsecaLisboa18:15:31767279.2 m1111.167
Secção de chegada

A base desta colónia são os Ansennes, os Simons, o Belgas do Xico e os Janssens chegados através de Paulo Franco, principalmente da linha do “19” que era um Pombo filho de um macho Belga do Xico (Grandes X Bonitos) cruzado a uma Janssen do amigo Prates de Vendas novas, linha do olho amarelo. Depois corre muito sangue diferente de varias linhagens dentro deste pombal, mas os diferenciados e os que perpetuam de geração em geração são estes. Podemos ainda fazer referencia aos pombos de Paulo Campos que entraram muito bem na base da casa.

Belga do Xico X “19” – Voadora interessante e excelente reprodutora

Os Ansennes chegaram ao seu pombal através de um senhor do Norte que vivia em S. Domingos de Rana, chamado Abreu, quando este columbofilo deixou de praticar a columbofilia, o Santa Rita foi lá comprar dois casais, uma borracha de 1990, um macho de 1984, avô da borracha, trouxe também a mãe da borracha e um tio… a partir destes 4 pombos construiu a base da sua colónia. Os Simons vieram alguns de José Claudino de Évora, outros de Paulo Franco que os tinha adquirido nos irmãos Cabeças no Alentejo e ainda alguns de Bento de Almeida.

Frontaria do pombal de Competição

Os Belgas do Xico, chegaram-lhe da Malveira. Há muitos anos um fulano que trabalhava na Bélgica na zona de Antuérpia e tinha sido columbofilo em Portugal, na altura o Xico da Malveira não conseguia acompanhar António Luís Galrão, e esse fulano disse lhe que lhe ia oferecer uns pombos que em dois anos faziam dele campeão. Vieram 3 casais de pombos, nunca ninguém soube que pombos eram, um casal de azuis claros grandes, um casal azuis escuros traçados e um casal pedrados sendo que a fêmea tinha uma pena branca… o Xico baptizou os casais e os seus filhos: eram os grandes, os negros eram os bonitos e os pedrados eram os tortos que eram difíceis de entrar e foi daqui que vieram os celebres “belgas do Xico”.

Secção machos adultos de competição

Santa Rita selecciona anualmente 120 fêmeas que passam à época seguinte e mais cerca de 80 machos, aposta nos dois sexos, embora nos confesse que com os machos é preciso ser mais cuidadoso. Juntam se mais 130 borrachos que normalmente no primeiro ano só fazem treinos.

(Simon X Ansenne)

Este macho não voou muito, por sinal era parceiro de uma craque e foi ficando sempre para traz, poucas vezes foi encestado, mas reunia tudo o que havia de melhor no pombal. No ano de 2016 tirou-lhe duas filhas para o testar como reprodutor, já na ultima Valência del Cid foram essas pombas as duas primeiras do pombal e assim descobriu mais um casal…

Pombal reprodução

No pombal de reprodutores encontrámos um grupo de pombos muito interessante, com vários atletas a segurar cada uma das linhagens cultivadas, pudemos manusear algumas das fêmeas e observamos enorme qualidade.

9059014/19 POR10950Vitor Manuel Joao GoncalvesLisboa17:53:5911:08:59754891.6 m1128.416

Antes de terminarmos teremos que contar uma historia deliciosa que nos emocionou quando o amigo Santa Rita a contou durante a nossa entrevista. Despedimo-nos relatando factos de há quase uma vida atrás: a columbofilia tem historias muito interessantes e trás-nos coisas muito boas que nos enriquecem em muitos casos… há muitos anos atrás um miúdo de 8 anos de Peniche comunicou um pombo a Santa Rita, este pegou no carro e foi lá acima recupera-lo, quando lá chegou era uma “barraquita”, umas condições miseráveis e toda aquela envolvência tocou-lhe no coração… voltou a Lisboa e passado uns dias encheu a sua carrinha com alguns produtos, suplementos, ninhos e o que conseguiu juntar e foi por ai acima novamente levar ao menino. Tinha percebido naquela criança uma enorme paixão pelos pombos e muitas dificuldades para praticar a columbofilia… o menino nem estava em casa nesse dia, a recepção foi feita pela sua mãe e lá ficou o material para ajudar a continuação e enraizamento na columbofilia… voltou a casa e ano após ano lembrava-se deste episódio, comentava com amigos, contava a historia e questionava-se o que seria feito do rapaz… Passado 25 anos, é recepcionado um email em São Domingos de Rana na colectividade a perguntar se o santa Rita que ali concorria era a mesma pessoa que no passado tinha feito uma generosa oferta a um menino em Peniche… este contacto e esta aproximação fez emocionar todos os que conheciam a historia… trocaram se contactos e a comunicação entre os dois foi retomada como se nunca tivesse parado, hoje em dia são compadres e Santa Rita é padrinho do segundo filho do agora homem feito e outrora menino, as famílias são muito próximas e parece que se deram toda a vida e os dois continuam ligados a esta pratica maravilhosa que é criar e competir com pombos Correio… são estas historias boas que a columbofilia nos traz e nos marcam para um sempre.

Um bem haja a todos os nossos leitores e até breve…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: