Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Pombo Ás Distrital Meio Fundo ZO ACD – Évora

Caros leitores, tal como prometemos no ultimo artigo, na matéria de hoje, vamos continuar por Monte do Trigo e desta feita para mostrarmos ao publico columbófilo Português o pombo campeão distrital Zona Oeste de Meio Fundo. Uma fêmea de António Miguel Paixão Coelho. Pese embora o amador no dia da nossa visita estar a trabalhar conseguiu no intervalo do descanso receber o Columbofilia Online, por isso e pela sua simpatia muito obrigado… e parabéns pelo notável feito.

Este excelente exemplar foi tirada no pombal de voadores, já no fim da campanha, filha de uma excelente atleta. É uma pomba bastante arisca, com uma vida extraordinária… difícil de fotografar e muito difícil de se deixar apanhar no pombal. A sua linhagem por esta bandas é conhecida pelos: “Holandeses”… falaremos mais à frente destes pombos.

Por norma aposta verdadeiramente nas fêmeas… anualmente guarda dois ou três machos e apenas aqueles que durante a campanha são os seus primeiros ou segundos pombos nas corridas, os restantes sofrem a seleção “natural”.

Corredor frontal das Várias Secções

Classificação Distrital Pombos – Meio Fundo Zona Oeste 2020

4519882/14 POR30045Antonio Miguel Paixao CoelhoC. C. Padre Manuel Lima4463
6487624/16 POR59641M & A MiraC. C. Padre Manuel Lima4422
7328249/17 POR59641M & A MiraC. C. Padre Manuel Lima4349
8236373/18 POR11052Luis Antonio Salsinha PepeC. C. de Evora4296
7327046/17 POR59641M & A MiraC. C. Padre Manuel Lima4274

Resultados da craque Meio-Fundo Zona Oeste – Distrital

DataProvaEspecialidadeDistânciaEnviadosClass.MédiaPontos
2020/06/21114 – Bragança 3Meio-Fundo391375.820031626.1141148
2020/06/28118 – ChãosMeio-Fundo366577.5174524º1577.5941127
2020/03/08103 – ToledoMeio-Fundo356615.4338341º1295.5271110
2020/06/07110 – Bragança 2Meio-Fundo391375.8207773º1296.3281078
      Total:4463

Cerca de 10 casais de reprodutores alimentam o pombal de competição, este ano tirou menos pombos novos do que é habitual porque recebeu do seu amigo Rui Vilalva uma fornada de borrachos.

Secção Fêmeas voadoras

As última 6 campanhas foram sem sombra de duvidas as melhores da sua vida e foi resultado da entrada de alguns pombos novos na colónia, porque até então a columbofilia era encarada como um passatempo onde os resultados não apareciam, mas isso também não importava muito. Nos últimos anos as coisas mudaram, tudo está diferente e agora o esforço é maior para conjugar o trabalho e o hobby e os objectivos já são mais ambiciosos. Semanalmente trabalha-se para se obterem boas prestações.

Um amigo seu de Leiria, Francisco Herlander que trabalhava na mesma fabrica do nosso entrevistado, arranjou lhe alguns pombos e realmente o caminho do sucesso começou nessa altura. Este seu amigo concorria com o pai, o Ângelo da Encarnação Francisco que concorria em Maceira de Liz. Estes Pombos trouxeram uma revolução ao pombal. Outros pombos que vão fazendo algumas marcações de destaque são os Holandeses, que chegam a si num ano que esteve a concorrer em sociedade com o seu cunhado, que tinha acabado de receber 3 casais de pombos estrangeiros importados de um columbófilo cujo nome se perdeu no tempo, importação essa levada a cabo pelo Dr. Vidigal Amaro, que foi presidente da câmara Municipal de Portel.

Secção de machos voadores e Pombal de chegada

De há 3 anos a esta parte conhece rui Vilalva, que trabalha na mesma fabrica, e a colónia voltou a subir um patamar. O Rui emprestou-lhe alguns pombos e ofereceu-lhe outros, nem todos como é espectável foram bons, mas muitos foram… dai surgiram alguns bons reprodutores. O António conta-nos uma historia de um pombo de Rui Vilalva que se perdeu em valência Del Cid e foi entrar na sua casa, foi participado e entregue ao dono, só que… no ano seguinte volta a ser encestado e volta a aparecer na casa do António, que acabou por ver esse pombo ser-lhe oferecido… esse macho linha “Figo” hoje é um dos melhores pombos a reproduzir no pombal.

Pombal reprodutores

Columbófilo há mais de vinte anos. Começou desde menino a ter pombos vulgares, muito contra a vontade de seu pai. Em 1982 com cerca de 20 borrachos oferecidos por columbófilos locais faz a sua primeira campanha ainda na casa de seus pais., nesse primeiro ano restaram apenas 3 pombos, mas atenção desses, 1 deles no ano seguinte venceu lhe a sua primeira anilha de ouro.

Frontaria dos Pombais de competição e reprodutores

Com o casamento, fez casa e ai construiu pombal…e foi marcando uns pombinhos por ano, até ao momento que o amigo de Leiria lhe ofereceu alguns casais, Leo Broeks e Federiks PHilips adquiridos via Supra e a partir dai sim, as coisas mudaram… e dai para cá foi sempre numa perspectiva ascendente de sucesso., depois deste os pombos de Rui Vilalva e no ultimo ano uma nova aposta, numa nova linha, os Gabys vindos do Algarve do Pombal Picanço, mas que chegou a ele pela via do seu Cunhado Manuel Mira.

Este excelente resultado, não foi o primeiro grande destaque como columbófilo, já atrasado conseguiu a anilha de ouro distrital de velocidade, e já chegou a ser campeão de Meio Fundo e de Fundo na Padre Manuel Lima e duas vezes Vice Campeão Distrital de Fundo ZO. O tempo é que é reduzido, devido ao trabalho na fabrica, para voar e cuidar de pombos, dai não apostar no sexo masculino, e dedicar grande parte do esforço à pombas.

É assim meus amigos, com muito esforço se conseguem resultados… muitos profissionais ou semi-profissionais da columbofilia fazem “omeletes” mas com muitos ovos, mas estes senhores da columbofilia, fazem esforços brutais para poderem continuar a alimentar o seu vicio columbófilo, entre turnos no trabalho e muita perseverança se vão conseguindo anualmente amealhar bons resultados e alguns títulos…parabéns António pelo grande feito.

Para todos aqueles que nos lêem, deixamos um forte abraço, mantenham se saudáveis… voltamos a entrar em confinamento desta vez parcial… 121 concelhos do nosso país vêem se novamente a horas de novo estado de emergência e os que ficam de fora, daqui por 15 dias não podemos afirmar que não estão na mesma posição… avizinham se tempos difíceis…mas se entre todos fizermos um esforço de cumprirmos as normas indicadas pela Direcção Geral da saúde, dentro em breve as coisas vão começar a melhorar e podemos voltar a sorrir e a fazer uma campanha desportiva dentro da normalidade possível… Força companheiros…até breve…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: