Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Carlos Dias – Campeão Meio Fundo- U.C. Charneca da Caparica – ACD Setúbal

Boas, caríssimos leitores… terminada mais uma campanha e esta sem sombra de duvidas das mais atípicas que me recordo, começam finalmente a sair as classificações dos vários campeonatos e dos melhores pombos. Vai ser uma jornada difícil, pois esta época não temos a ajuda da Internet e terá de ser toda a investigação feita à moda antiga, ligando e escrevendo para saber onde estão os melhores pombos e os melhores columbófilos de 2020. Na Charneca da Caparica o melhor amador de Meio Fundo foi Carlos Dias. Rumámos ao seu pombal situado junto a Cacilhas, bem na beirinha do rio Tejo.

Vista frontal Pombal de Competição

O filhote mostra sinais de querer seguir as pisadas do pai…

IMG_8011

Esta é uma colónia relativamente recente, pese embora tenha alicerces bem antigos e consolidados…mas já lá vamos… a equipa actual assenta num grande casal, um macho oriundo da colónia de Carlos Cordeiro, um pombo vencedor de 3 anilhas de Ouro no Piedense, na altura que era considerado uma das catedrais da columbofilia, é o “194\ 12” cruzado a uma fêmea de Paulo Campos. Actualmente na Velocidade e no Meio Fundo a base são os filhos e os netos deste casal.

IMG_8007

Pombo Base da Colónia, pai de atletas com anilhas ganhas e muitos prémios Top 10

O seu Pai é um macho Flor Engels e a Mãe uma Gaby

Pombo 100% Carlos Cordeiro

194 caqrlos jorge

O Outro pombo fundamental na esquematização da reprodução desta colónia é um macho de ” Carlos Quaresma”, que é o “143”, um pombo Janssen X Armindo Caracinha, que reproduz bem com 3 fêmeas diferentes, o columbófilo tem vários filhos com anilhas ganhas e este sim já dá atletas para provas de maior distancia, apesar de ganharem muito bem também na velocidade. Uma das pombas que trouxe bastante sucesso ao reproduzir com ele, foi uma Inglesa adquirida num leilão do Algarve Golden Race em 2016, a titulo de exemplo é mãe do “126” que já tem 3 primeiros prémios…

… para alem da primeira geração a vencer já tem alguns netos deste “143” a ganhar muito bem também.

 

Pombal Fêmeas Voadoras

IMG_8005

Vamos começar a contar a historia  do Carlos Dias da frente para trás. 

Certo dia recebe um telefonema de  Carlos  Cordeiro, que liga a perguntar se este o podia ir ajudar no tratamento e condução da colónia, em virtude da sua saúde já lhe estar a pregar partidas com mais frequência. Carlos Dias estava afastado da columbofilia há 14 anos, e o mestre lembrou se dele, e de o chamar numa altura que sentiu que a vida como a conhecia até então, iria mudar e o fim estava ao virar da esquina. Chega à colónia de famoso e ilustre Carlos Cordeiro em 2014 e encontra a equipa muito afunilada e o homem bastante debilitado.

Pombal Fêmeas Voadoras

IMG_8001

Ainda em 2014, à chegada aos pombais, encontra 41 pombos à terceira prova desse campeonato, termina a mesma com 27 a encestar semanalmente 25 pombos a velocidade e Meio Fundo e 15 a Fundo. Conseguem voltar ao pódio no campeonato geral, são campeões de Borrachos, e conquistam varias anilhas de ouro e prata… afinal o Cordeiro ainda tinha pombos… a saúde é que não lhe permitia  acompanhar da melhor maneira a equipa. Houve semanas que o homem já estava acamado e nem ao pombal conseguia subir.

Um Pombo Adquirido a Carlos Quaresma

Pai de:

“126 \ 17” vencedor 3×1º

“787 \ 18 Anilha Prata MF 2020 UC Charneca Caparica

“934 \ 19” Anilha Ouro Yearlings 2020 UC Charneca Caparica

ze do telhado carlos jorge

Carlos Dias sentia que a colónia estava já muito apertada e que era necessário uma injecção nestes pombos, foi ai que aconteceu a entrada de um macho flor Engels… que acaba por ser o pai deste “194” que foi um campeão a voar e é actualmente a base. Em boa hora entrou este pombo e em boa hora foram feitos alguns ajustes na esquematização pensada inicialmente para a campanha.

 

Pombal Reprodutores I

IMG_8000

Ao voltar aos pombos e perante uma situação de debilidade do Cordeiro, pensou: … quem sabe nunca esquece, mas sentia que faltava a parte da suplementação… a columbofilia em 14 anos muda radicalmente… sentia-se desactualizado… recorre a Paulo Franco e a José Ribeiro para o aconselharem… dois grandes amigos… entre os 3 encontraram um esquema de voo.

Pega na equipa Carlos Cordeiro… e faz uma campanha excepcional.

Pombal Reprodutores II

IMG_7996

Carlos Dias começa como columbófilo em 1988, era um menino e logo nessa altura começou a sua ligação a Carlos Cordeiro, que gostava muito do rapazinho… dizia o velho mestre que dos moços que andavam a aprender a ser columbófilos, este era o que levava jeito… daqui nasceu uma amizade e fizeram um percurso em que o jovem acompanhava o mais velho para todo o lado.

125 carlos dias

O “bichinho dos pombos nasce através de um pombo que o seu pai, que não era columbófilo apanha na “seca do bacalhau”, na ponta do Mato, era um pombo Correio que estava ferido e foi resgatado e colocado no galinheiro para recuperar… Carlos Dias começou a achar piada ao animal e pediu uma pomba a um senhor que era columbófilo e em pouco tempo estava a tirar filhotes deste casal… quase de seguida começou a acompanhar com columbófilos e rapidamente se filiou no seu primeiro clube: Clube Columbófilo Piedense…

IMG_7993

A sua primeira paixão eram os pássaros… aliás gostava de todo o tipo de aves e os pombos vieram à posteriori e permaneceram entre 1988 até 2000… sempre a encestar no Piedense… altura em que casou, a vida deu uma volta e abandona a columbofilia, até ao dia que Carlos Cordeiro o chama para junto de si.

Corredor Frontal – Entrada para as várias secções

IMG_7990

Em 2015 Carlos Cordeiro depois de conferência com a sua família, nomeadamente a sua filha, resolve oferecer-lhe toda a colónia… e informa que não iria mais dar o seu nome à equipa… nessa altura… o que foi pensado pelo nosso entrevistado foi que os pombos tinham de sair dali… uma vez que o nome do mestre já não constaria… havia que dar seguimento… Eram ainda muitos pombos… foi cedido à escolha um casal ao senhor Galandi que ajudava nas lides no pombal até então, os reprodutores foram guardados, e dos voadores foram escolhidos alguns exemplares. Os restantes foram todos oferecidos a amigos .

IMG_7987

Os pombos são retirados da casa mãe e é feita uma sociedade com o Alexandre no Feijó, na altura Carlos Dias já tinha conhecimento que o Quaresma estava a terminar com os pombos, e era essa parceria que tinha em mente vir a fazer, ainda lhe fez uma proposta de sociedade, mas a decisão do seu amigo estava tomada… não foi dado andamento e acaba por ir dois anos para o Feijó, mas sem grande sucesso, depois de um primeiro ano interessante, quando as coisas estavam a aquecer o Alexandre resolve terminar e acontece novo volte face…estavam os pombais do Quaresma praticamente vazios e depois de um telefonema estabeleceram um acordo… o namoro que era para ter sido na entrada acabou por resultar dois anos mais tarde.

Anilha Prata Velocidade 2020 UC Charneca da Caparica

Vencedora da Prova de Portelo

Filha do “194\12” –  “Cordeiro” X “475\12” Paulo Campos

719 carlos jorge

O Quaresma nunca quis ser sócio, assumiu que ajudava no maneio e condução, mas única e simplesmente desempenharia essa função… actualmente é parte integrante deste sucesso, ajuda imenso… se não fosse este  braço direito ou esta peça chave, nem haveria tempo para se praticar columbofilia.

Carlos Quaresma

Não me tires fotografias… o columbófilo é ele…

IMG_8010

Antes de terminarmos… não podemos sair sem contar uma historia do grande Carlos cordeiro, pai columbófilo de Carlos Dias… certo dia na Bélgica, numa visita de amigos aos pombais “Colson”, apresentam o Cordeiro como um dos melhores columbófilos de Portugal… nessa altura o Colson diz, então caro amigo se é assim, como me falam escolha aqui deste pombal com 42 fêmeas qual delas é a craque…Cordeiro perguntou se podia apanhar…disseram-lhe que sim… este foi apanhando e largando, apanhando…até que diz ao proprietário… olhe escolho esta…mostre la disse o belga…quase amigo… quase…  essa é a segunda melhor… mas olhe já lhe mostro a melhor… Colson passou os olhos inúmeras vezes á procura de a encontrar…até que disse mas a fêmea estava aqui… nessa altura Carlos cordeiro tira a de dentro do casaco e diz…será esta?… Colson: caramba…é a primeira vez que me apanham não a melhor… mas as duas melhores do pombal… era um dom natural que o mestre tinha quando visitava pombais… há coisas que não se conseguem explicar ou ensinar…

Voliere Pombal Reprodução

IMG_8150

Foi uma excelente tarde de columbofilia… pessoalmente achei bastante interessante vários pombos que pôde manusear, encontrei neste grupo de pombos características muito interessantes… e acho que tem uma equipa de reprodutores capaz que continuar a evoluir… parabéns pela entrega, dedicação, pelos resultados e pela perpetuação do nome: Carlos Cordeiro

Pombal Reprodução I

IMG_8142

Votos de muitos mais sucessos… parabens pelo titulo de campeão de meio Fundo na U.C. Charneca da Caparica, onde competem grandes columbófilos e que a vida e a columbofilia permitam que continue a sorrir e a reproduzir campeões… Até breve

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: