Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Asas Estremoz ST-Bi-campeões Nacionais e Mediterrânicos – Standart 2020

Fizemos um entrevista a um pombal de uma equipa columbófila, que é liderada pelo nosso amigo José Carlos que já reproduziu em toda a sua carreira como columbófilo e columbicultor, 20 campeões nacionais… um feito histórico e que marca a nossa geração como amantes da columbofilia. Tudo começou lá atrás com os Asas de Estremoz, que era uma equipa de 3 amigos: José Carlos, José Miguel Cravo e Francisco Saramago. Este trio venceu logo inúmeros títulos quer na classe Sport como Standart e actualmente a equipa Asas de Estremoz ST, perdeu dois elementos,  e entrou o amigo Bento.

999999999.jpg

Vamos contar um pouco dessa historia: A equipa Asas de Estremoz tinha umas instalações espectaculares na zona do castelo de Estremoz, a primeira sociedade começou em 1976 e durou até 2010, mais de 30 anos em Estremoz, entretanto o Francisco saiu de Estremoz, e o José Cravo quis desfazer a sociedade, entretanto o Bento já estava integrado no grupo em virtude de já ajudar nas lides diária, resolve então o José Carlos e este seu amigo aproveitarem as instalações em Monte Branco, uma localidade limítrofe de Estremoz e iniciam novo projecto…também ele vencedor, como comprovam os resultados. Vamos fazer um breve resumo dos pombos que estão na base deste percurso vitorioso.

Pintas asas estremoz.jpg

O “Pintas” é um macho de 2007, filho directo da “Lusitana” a pomba que ganhou uma medalha Olímpica em Ostende. É pai de duas fêmeas campeãs nacionais, e tio do actual campeão nacional e mediterrânico e da actual campeã nacional e mediterrânica… uma geração de campeões…

Pombal de reprodutores consagrados

IMG_6604.JPG

A Lusitana era uma fêmea “Gorin” X Safir com Jos Tonê na parte paterna, e pela parte materna estamos a falar de uns pombos de Vialonga, vindos de um pombal de um amigo… entretanto a Lusitana foi acasalada com um “Gaby” Puro , vindo Bélgica pelas mãos de outro amigo de José Carlos, e deste casal nasce o Pintas. Esse mesmo Gaby é o pai do Actual do campeão nacional e mediterrânico, (Soberbo) quando cruzado a uma pomba de Rui Magriço.

Um dos casais Bases na Reprodução

IMG_6609.JPG

Os melhores momentos na Olimpíada de Oostende – Bélgica/ 2007 . Entrega da medalha olímpica ganha pela “Lusitana”. Na foto podemos ver  o campioníssimo Jos Thone, facto curioso deste columbófilo estar na foto, porque as origens paternas da “Lusitana“ provém do pombal dele, precisamente . Esta é uma fotografia com história. O senhor que está ao lado do José Carlos na foto com a medalha era o então presidente da federação Belga.

0.jpg

Este percurso de sucesso começa verdadeiramente em 1999, altura que tinham um grande pombos que lhe chamavam o “Craque” que foi integrado na selecção Portuguesa a Black Pool à Exposição e conseguiu intrometer-se entre a fina flor do standard da actualidade naquela altura, ajudando a trazer o 3º lugar colectivo para Portugal, este foi o primeiro grande feito nesta caminhada de varias décadas.

Pombal dos consagrados

IMG_6607.jpg

Em 2004 adquiriram 3 casais de Pombos a Paulo Gonçalves, que se foram juntar a uma equipa já com bastante valor, mas foram estes 3 casais que vieram dar o “clique” e impulsionar toda a base que tem perdurado ano após ano.

Assista ao vídeo da Entrevista aos Asas Estremoz ST – Parte I

Clique Aqui

Alguns dos principais troféus

ddddddddddddddddddd.jpg

Ganham o primeiro titulo nacional em 2006 como o “Apolo” e dai para cá conseguiram mais 19 títulos Nacionais.

Pombal fêmeas reprodutoras

 

IMG_6611.JPG

Questionamos o líder da equipa sobre o facto do Standart em Portugal e no Mundo estar a mudar, no intuito de saber como se estavam a adaptar à nova realidade. José Carlos elucidou-nos que a transição foi natural em virtude da sua busca de atletas de eleição em toda a sua vida como columbicultor, foi sempre procurando bons voadores e pombos que pudessem voar rápido para casa e classificar nos primeiros lugares… claro que durante os primeiros anos, que os juízes valorizavam mais os pombos de grande porte e com outra imponência, os cruzamentos eram diferentes, agora que se virou essa pagina os Asas Estremoz ST sentem-se como peixe na agua, porque foi apenas continuar o trabalho que já vinha de traz e retirar um pouco o porte ao que estava a ser trabalhado.

Um craque da reprodução… ” Leo Heremans”

A prova que os pombos de corrida, pode ganhar exposições distritais e nacionais… todos nós temos estes pombos em casa…

892 asas estremoz st.jpg

Não se cria um grande campeão num ano, leva cerca de 4 anos a fazer este trabalho de selecção e aperfeiçoamento, no caso do “Soberbo” actual campeão Nacional Olímpico, foi a terceira vez que foi competir, este ano de 2020, devido a esta conjectura, o columbicultor lembra-nos que o standard está em renovação, mas com o terminar de algumas das categorias em disputa na Classe, sentem os aficionados necessidade do aparecimento de novas categorias, nomeadamente a categoria de Pré olímpicos, por forma aos pombos fazerem metade da quilometragem no primeiro ano, 1250 Km para os Machos e 1000 Km para as Fêmeas, e depois seguirem o seu percurso normal na segunda época. Antecipadamente com um ano de antecedência começa a pré selecção… foi assim que o “Soberbo” há 3 anos fez 3º, o ano passado fez 2º e este ano foi campeão…

Pombal de reprodução

IMG_6615.JPG

Uma outra medida fundamental para o futuro do standard e mesmo do sucesso do Sport e das selecções nacionais é o crescente aparecimento dos concursos de pombos de ano. José Carlos faz um apelo nacional para que estes concursos se generalizem e que aumentem em numero, de ano para ano.

Assista ao vídeo da Entrevista aos Asas Estremoz ST – Parte II

Clique Aqui

Bento e José Carlos

IMG_6620.JPG

Na opinião do entrevistado, o futuro do Standard em Portugal, passa também pela valorização dos Juízes e assenta no principio que os bons columbófilos de Sport devem levar os seus pombos ás exposições e devem ser também eles os juízes, pois só as mãos treinados destas amadores podem permitir que haja evolução, porque se a classe que classifica os pombos for composta por homens que não manuseiam pombos semanalmente ou diariamente é difícil ter a percepção da qualidade.

Pombal de Voadores

Na mãos a actual campeã nacional

IMG_6624.JPG

Parabéns aos homens da dobradinha: foram campeões nacionais Olímpicos machos, campeões nacionais Olímpicos Fêmeas bem como campeões Ibéricos e mediterrânicos em machos e em Fêmeas também, tudo em 2020. Três pombos trazem para Estremoz e para o distrito de Évora 4 grandes títulos.

Mais homens e mais equipas como esta deviam surgir e cimentar o seu trabalho nesta area. A preparação de um atleta ou de um conjunto de atletas para uma exposição é como preparar a equipa para um concurso, ou para um campeonato é um processo moroso, mas que está ao alcance de qualquer bom columbófilo de Sport… caros amadores apresentem os vossos pombos ás exposições e vão ficar surpreendidos…o Standart não está a mudar…já mudou…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: