Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

A festa acontece em Aljustrel- Entrevista a Nuno Pinto – Presidente da Coletividade

Entrevistámos Nuno Pinto, que nos contou um pouco da sua historia na columbofilia e nos convida para a festa columbófila que vai acontecer dia 31 de Agosto de 2019… para ler até ao fim…

Em primeiro lugar, permita-nos agradecer a oportunidade de divulgar a actividade columbófila no concelho de Aljustrel, onde existem 2 (duas) colectividades (Aljustrelense e Estrela Alentejana – Ervidel).
Relativamente ás questões colocadas, e antes de responder ás mesmas, dizer que o meu nome é Nuno Pinto, 45 anos, natural de Messejana, concelho de Aljustrel.
Sou columbófilo desde os 14/15 anos, fundei com um amigo de infância a Secção de Columbofilia do Grupo Desportivo Messejanense (não me recordo do ano), que esteve em actividade 5 ou 6 anos.

nuno Pinto 1.jpg
Aos 18 anos, por motivos profissionais, fui viver para Albufeira.
No Algarve, conheci grandes columbófilos daquela região e de todo o país, uma vez, que comecei a colaborar no pombal do saudoso Srº. José Maio Azinheiro (Azinheiro & Filho – Albufeira).
Ainda cumpri um mandato como tesoureiro da colectividade de Albufeira.
Passado algum tempo, e depois de ter percorrido a país de Norte a Sul, sempre por questões profissionais, já com 37 anos regressei a “casa”.

66913759_2409428812498078_8368439885844971520_n.jpg

Sou columbófilo à cerca de 30 (trinta) anos (com algumas paragens pelo meio), como dirigente e sem interrupção desde 2014.
Como presidente da colectividade estou no primeiro ano do segundo mandato, portanto, há três anos.
Relativamente ao percurso como presidente, na minha modesta opinião, esta direcção tem sido capaz de fazer um trabalho extraordinário na criação de condições para os columbófilos continuarem a evoluir as suas colónias, o nº. de praticantes tem vindo a aumentar, triplicamos o número de sócios não columbófilos, as instalações/equipamentos foram totalmente requalificados ou substituídos, os procedimentos e organização da Sociedade foram totalmente renovados, desportiva, financeira e logística.
Paralelamente, e não menos importante “abrimos” a Sociedade Columbófila á comunidade, criando parcerias com o Agrupamento de Escolas, CPJC, e agentes económicos muito importantes para o bom funcionamento da colectividade.

As expectativas para o leilão de 2019 são as melhores, porque iniciamos a sua preparação no dia imediato ao términos do anterior, isto é, o leilão de 2019 começou no dia 02/SET/2018.
Como já referi, a Sociedade Columbófila Aljustrelense, modéstia à parte, goza de prestígio e credibilidade, neste sentido, os nossos parceiros serão uma vez mais fundamentais.
Aqui, os nossos sócios columbófilos, também tem um papel muito importante, uma vez, que conseguem persuadir/convencer vários columbófilos de todo o país a estar no leilão de Aljustrel, apesar de coincidir com a prova final dos Campeonatos de Mira.
Nós, Sociedade Columbófila Aljustrelense, iremos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para não faltar nada aqueles que nos visitam, tal como, tem acontecido nos últimos anos.

Aos sócios da colectividade, agradecer a confiança que depositaram uma vez mais nesta Direcção, e dizer que, apesar da rivalidade ao fim de semana, o caminho é este.
Apoiar e ajudar a direcção todos os dias porque “Todos somos necessários”.
Desportivamente o ano de 2019 deve ficar para a história de colectividade em termos de resultados individuais e colectivos, portanto, todo o individuo quer ganhar mas nem todos se querem preparar para ganhar, devemos ter esta mensagem sempre bem patente.

Aos columbófilos que vem a Aljustrel no dia 31/Ago/2019, dizer que será uma vez mais, um prazer e uma honra recebe-los nesse dia, e afirmar que estará cá uma grande equipa para trabalhar no sentido de proporcionar um dia não melhor nem pior, mas diferente.
Aos indecisos, dizer que não devem hesitar e venham até Aljustrel no dia 31/AGO/2019, desfrutar de dia de festa columbófila.

As últimas edições do Leilão de Aljustrel, tem sido realmente muito agradáveis.
Como o leilão é o mecanismo financeiro mais importante da nossa colectividade, esta vertente, também é sempre preponderante.
Neste sentido, como referi anteriormente, os nossos parceiros/patrocinadores tornam-se indispensáveis.
Por último, a venda dos pombos também tem um cariz importante, portanto o leilão deve ser bem conduzido.
Em 2018 também tivemos a oportunidade de receber um pombo oferecido pelo nosso amigo Srº. Pedro Porto (Sporting Pigeons), que foi licitado e adquirido por valores pouco usuais neste tipo de leilões.

O Presidente da Direcção

Nuno Pinto

destaque leilao aljustrel 2019

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: