Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Tiago Sadio – Estremoz – ACD Évora

A historia dos pombos na família Sadio começou com o filho, ao contrario do que é normal, que é o gosto pelo pombo, passar da geração mais velha para a mais nova, neste caso foi ao contrario. Tiago Sadio começou a ver os pombos do vizinho e também os pombos dos primos, assistiu a algumas chegadas e começou a querer fazer um pombal em casa. Estamos a falar do ano de 1998, sendo que a primeira campanha que enviaram a concurso foi em 1999. Uma família pacata residente perto de Estremoz, em São Bento do Cortiço, localidade sobejamente conhecida pelo autor. Durante vários anos ai passei diariamente a caminho da escola, altura formidável da vida, aqueles caminhos tinham tantas paragens, quantos pombais houvesse entre Fronteira, terra Natal do autor e Estremoz, onde estudava. Dias havia, que já havia tocado para a entrada na escola ainda a volta ia longe. Tempos de boas amizades, convívios salutares e companheiros para a vida.

Vista geral dos Pombais no “Cortiço”

IMG_7575

As primeiras impressões do pai quantos aos pombos e à relação do seu filho com os pombos, foram óptimas e o que o impressionou mais foi o facto do Tiago quando estava a assistir ás chegadas dos pombos do vizinho mesmo  quer do seu próprio quintal ou da rua entre os dois terrenos, ele conhecia os atletas no ar e dizia … olha pai esta a chegar o pombo “X” para ele e mais tarde já com a edificação do pombal na sua moradia, assim que começavam a chegar os pombos de concurso conhecia os seus e os do vinho, mesmo antes de pousarem no telhado ou na prancha. Toda esta envolvência, foi despertando também o “bichinho” no pai e hoje estamos perante um grande aficionado e dedicado columbófilo. Atrevia me a dizer que já se dedica mais aos pombos que o filho…será…?

4489352

Os primeiros pombos foram oferecidos por amigos locais. Na altura em especial um pombo branco oferecido pelo amigo Quintas, que deu um impulso notável.  No inicio que é sempre difícil começar bem na columbofilia, sabemos que os primeiros anos são sempre difíceis, mas tudo ficou mais composto porque esse tal branco realmente deu um alento especial, vencendo logo anilha prata geral e anilha prata Meio fundo na fortíssima colectividade rainha santa Isabel de Estremoz, isto logo em 2001. 

Família Sadio

IMG_7571

Neste mesmo ano Joaquim Cravo que costumava ser ele a fazer as classificações na Rainha Santa Isabel, puxou o Tiago ao pé de si e começou a ensinar lhe a fazer alguma da escrita e disse -lhe: “se cumprires e te portares bem no final dou te dois “borrachinhos”, e assim foi no final da campanha tudo correu como esperado e vieram 2 borrachos de tão prestigiada colónia. Pai e filho conferenciaram entre si e resolveram colocar os dois na reprodução… correu bem…esta entrada directa…?

Pombal de Competição

IMG_7574

Bem dita a hora…hoje em dia pelo menos 3 filhos do macho ainda se encontram na reprodução e com óptimos resultados, a fêmea não foi tão forte a acabaram por perder a sua geração. Pombos que marcavam nas 3 especialidades, ou apareciam logo cedo a marcar de velocidade e meio fundo, se não, em seguida apareciam a destacar-se no fundo. Estes foram os primeiros pombos e a primeira linha continuada foi precisamente este macho do “Cravo” quando cruzado com uma fêmea de João Tavares.

6399672

Esta fêmea nem veio directo do columbófilo, estava o sr Tavares a fazer obras e os senhores que lá andavam, acabaram por trazer 7 ou 8  borrachos pequenos dentro de uma caixinha. Eram pombos para eliminar, foram acabados de criar já em São Bento do Cortiço, e dai sai a mãe de uma geração ganhadora aqui na casa Sadio, bem como mais 3 borrachos desse lote que se destacaram logo no primeiro ano. Os quatro foram passados à reprodução. Com o seguimento dos filhos do branco que já falamos juntando ao desdobramento dos pombos do Cravo foram fazendo a caminhada dos primeiros anos, já com bons resultados.

Interior Pombal fêmeas

IMG_7562

Em 2000 também aconteceu uma peripécia e a vida é feita destas historias: estava a família a arranjar os primeiros pombos e entra no pombal num certo dia uma fêmea com uns olhos brancos de chamar a atenção e de imediato, ao que parece no dia seguinte entra também um macho… entre saber o que fazer e comunicar a fêmea acasalou se com este macho, pôs entretanto dois ovos… bem no ano seguinte uma borracha nascida desses ovos em 8 saídas, foi 7 vezes a primeira do pombal e uma vez a segunda… um fenómeno que apareceu nesta casa, era a “16”. Assim terminamos a primeira etapa de introduções que valorizaram a colónia.

Interior Pombal machos

IMG_7565

Aquando da paragem do Paulo Morais do Crato foi lá adquirir um casal, dos “Armindos” e do “Pata esmagada”. Com a compra do casal, foi lhe oferecido mais uns quantos pombos e presentemente tem uma base consolidada de pombos dessa colónia, hoje em dia Caldeira & Morais. O Sadio pai diz nos mesmo: “tenho ai tantos pombos do Paulo que alguns já não sei se são meus ou dele, ele vai me mandando os pombos e diz se ele precisar diz te alguma coisa, vai tirando”… e assim tem uma solidez na colónia hoje em dia muito com base nestes pombos. Ficou uma relação com Caldeira & Morais para a vida… Com estes pombos concluímos a segunda fase de introduções que valorizaram a colónia.

6399644

Entretanto outra introdução eficaz foram os olhos verdes do Júlio Bagorro e fundamentalmente um pombo que ombreou com os melhores do pombal, ficou conhecido como “o do Porto”,  linha Joaquim Fernandes da Baixa da Banheira, via Fernando Fernandes. Com estes pombos concluímos as introduções que fizeram a diferença na colónia.

IMG_7515

Os cruzamentos têm sido feitos da seguinte forma: Cravo & Frade com os Do “Porto”, depois Cravo & Frade com os pombos do Paulo, todos passam à linha do Cravo. Ao fim das contas as 4 linhas principais passam umas pelas outras e com bons resultados nas varias variáveis.

6268557

Dispõem de 14 ou 15 casais de reprodutores, sendo que este ano aumentou para estes valores porque pararam 5 ou 6 dos melhores pombos voadores para a reprodução.
No pombal dos voadores começam sempre com 80 adultos e raramente voam com borrachos ao primeiro ano, fazem alguns treinos e normalmente são apenas apertados ao segundo ano.

IMG_7514

Anilham anualmente cerca de 80 borrachos e quando corre bem a adução e os treinos, nesses anos acabam por ser encestados nas ultimas provas quando os adultos já andam cansados.

Pombal 2 de reprodução

IMG_7576

Principais títulos na SC Rainha Santa Isabel

Campeões de Borrachos

Campeões de Velocidade 2008

Campeões de Meio Fundo 2018

4489345

No Distrito

Campeões Meio Fundo 3 vezes ao nível de todo o distrito

Campeões Meio Fundo 2 vezes de Zona

Melhores Pombos velocidade distrital Zona Este

6268557/16 POR 42698 Tiago Manuel Parreira Sadio S. C. R. Santa Isabel 7296
4318008/14 POR 56371 Jose Carlos Mocho & Hugo Cruz S. C. R. Santa Isabel 6824
6076530/16 POR 52280 Ruben Miguel Q Chambel Ramalho S. C. Corvalense 6751

IMG_7579

Melhores Pombos Meio Fundo Distrital Zona Este

6399672/16 POR 42698 Tiago Manuel Parreira Sadio S. C. R. Santa Isabel 5738
6273156/16 POR 56371 Jose Carlos Mocho & Hugo Cruz S. C. R. Santa Isabel 5546
7331765/17 POR 52280 Ruben Miguel Q Chambel Ramalho S. C. Corvalense 5416

Houve anos complicados, houve altos e baixos, mas esta família dia após dia se apercebe que os melhores anos são os anos em que os pombos estão bem e principalmente os anos bons, coincidem com os anos que aparecem os grandes pombos… esses fazem a diferença… “são eles que nos fazem e não ao contrario”.

Pombal 1 de Reprodução

IMG_7580

O sistema é simples: alguma liberdade durante o defeso, tudo o mais natural possível, aproveitam até este tempo para fazer coisas que no resto do ano os pombos não permitem, trabalhar mais umas horas e proximidade à família etc etc e durante a campanha com mais alguma dedicação treinam bi-diário, limpeza diária, treinos em linha durante a semana sempre que possível e o mais junto possível da prova sem afectar depois o rendimento competitivo.

O Tiago é um jovem, que esta na altura de se divertir e continuar a apostar na escola, mas por outro lado também é sinonimo de uma juventude na plenitude das suas forças e capaz de crescer ainda muito como columbófilo e chegar a patamares elevados, assim o pai se conserve também cheio de vontade e “aficion” ao pombo. 

Parabéns pelos resultados, parabéns por tamanho gosto por esta magnifica actividade e que os sucesso continuem a aparecer. A humildade da equipa assenta lhe bem… de toda a maneira a ambição poderá ir mais além… podem entrar anualmente nas contas dos vários campeonatos.

1 Comment on Tiago Sadio – Estremoz – ACD Évora

  1. Parabéns 🎉🎈🎊🍾 pelo feito e pela dedi cacao trabalho a Causa

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: