Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Arranha Lobos SOC Agro Pec LDA

Miguel Costa Ferreira, 40 anos de idade natural de Cabeção é o proprietário da equipa Arranha Lobos. Começou com os pombos na herdade da família, em Cabeção decorria o ano de 1991, com 12 anos de idade. Havia uma ligação muito grande a Cabeção e à historia da terra na columbofilia. O pombal tinha umas condições completamente diferentes das de hoje em dia, mas os tempos também eram outros. Na altura que era miúdo, chegava a Cabeção na carreira da rodoviária quando vinha da escola, o bando dos vários columbofilos locais, tapava a vila e isso deixou-o sempre curioso e entusiasmado. Havia também alguns amigos que praticavam a arte da columbofilia e começou assim a ligação ao pombo correio. Na altura dos estudos sempre foi possível conciliar, escola com pombos, mas com a entrada no mercado de trabalho tudo se alterou, teve que parar e só conseguiu retomar em 2016. Esta é a 3º campanha, desde então. Adquiriu pombos em 2014, tirou borrachos em 2015 e começou a enviar a concurso em 2016.

Vista Geral dos 20 m de Pombal

IMG_5782

Estes pombais são feitos em 2015, com fibrocimento no telhado com uma camada de isolante de 8 cm, e o resto é alvenaria, sendo que todo o forro interior é madeira, pois tudo esta coberto, até o estrado do chão que foi a primeira opção, mas foi também ele tapado com madeira e hoje em dia tornou-se mais cómodo limpar diariamente, sem ter que andar ao fim de semana a levantar estrados e afins. Neste  momento estamos perante 20 metros de pombal, 7 secções, 4 das quais são praticamente iguais em termos de tamanho e depois 3 mais pequenas destinadas à reprodução com voliere, e por fim, uma outra que é destinada a aduzir borrachos, à recuperação de pombos que regressem mais debilitados e banhos. Uma secção bem pensada e construída com uma banheira em cimento com esgoto, bastante pratica, com excelente acesso, e como na opinião do Miguel o banho é fundamental e muitas vezes deixamos de dar banho por dar trabalho ou não ser pratico, com esta construção tudo ficou facilitado.

Corredor Central de acesso às várias secções

IMG_5699

Os primeiros pombos, ainda o Miguel era um miúdo, foram ofertados pelos amigos da Terra, e só aos 16 anos conseguiu juntar 100 contos, na altura era muito dinheiro e foi comprar pombos ao Alexandre Mendes Gordo, com a ajuda do Dr. Chitas Martins. Nessa altura conseguiu dar um salto qualitativo nos resultados. Quando termina esta etapa e entra na paragem forçada, já era um bom concorrente, já ganhava alguns primeiros e estava em curva completamente ascendente. Quando recomeça, e pensa refazer a equipa, sabia que não era com pombos dados, que conseguiria atingir os objectivos, fez alguma pesquisa e com algum bom senso, deslocou se a Manchester para visitar o Premier Stud, uma estação de criação recomendada pelo entrevistado. O Miguel diz nos mesmo que sem sombra de duvidas, para quem quer encontrar algumas das boas linhas mundiais a preços mais convidativos em relação ao PIPA por exemplo, é o local ideal, sendo que neste momento fizeram alguma redução nos efectivos, mas na altura era gigantesco.

Fêmea Casal 1

42933 14 Miguel

Com a chegada à estação de criação, o facto de encontrar tantos bons pombos, resolveu entregar-se ao Derec, o responsável que o recebeu, e aceitar os seus conselhos nas aquisições, até porque a mão estava algo destreinada, depois de tantos anos sem mexer em pombos. Solicitou que fossem escolhidos 12 pombos que seriam por si adquiridos. Foram então esses primeiros 6 casais que vieram para Portugal. Nunca se arrependeu desta opção, os pombos eram tantos que seria difícil fazer escolhas acertadas e os que vieram foi a preços competitivos e têm-se revelado excelentes reprodutores. É esta a base desta colónia no seu arranque. Dentro deste grupo, viajaram muitos Heremans Ceusters, Alberto Derwa e  Hardy Kruger. Os filhos destes pombos começam a andar muito bem, em 2016, tanto que se sagrou  logo campeão de borrachos.

Secção Machos Adultos

IMG_5706

Entretanto do Koen Van Roen vieram também pombos em 2014 com preços razoáveis e o ano passado voltou a ser feito um investimento significativo mas desta vez no PIPA, apenas com uma regra de condição: comprar sempre filhos ou irmãos de pombos com primeiros nacionais na Bélgica. Claro que foram bem mais dispendiosos. De imediato foram acasalados e vamos ver o resultado para a época que vem.  Estes basicamente são linhagem Rudi de Saer, Engels, Vandenhede, Freddi Jacques e Hardy Kruger

Secção de recuperação e Banhos

IMG_5707

No primeiro ano não correu muito bem, tirou 120 borrachos, mas houve algumas percas significativas, e foram cometidos alguns erros estratégicos. Voltou a tirar mais 120 no ano seguinte e as coisas já correram melhor, mas tem ideia de reduzir este numero muito em breve, o objectivo é ter 120 voadores no inicio da campanha. Este ano tinha perto de 200 voadores porque ainda está a seleccionar quer para voar como para reproduzir. Entretanto já começou a desfazer-se de alguns dos primeiros que adquiriu, porque esta a apertar o crivo, os leitores podem fazer ideia a partir do facto de neste momento contar apenas com  16 casais de reprodutores, destes vão sair todos os borrachos para a próxima época. Dos seus voadores actuais, vai tirar alguns para oferecer a amigos locais.

Macho Casal 1

1357 Miguel Cabeção

Em 2017 começou a colher os frutos deste investimento e de todo o trabalho, sagrando se Campeão de Meio Fundo, vice campeão na Velocidade e 3º no Fundo, não correu melhor porque os pombos tirados em 2015 não provaram muito bem na longa distancia. Neste ano de 2018 esta na luta por todos os campeonatos, a par com a consagrada Família Chitas Martins, e este ano sem duvida tem sido a consagração de alguns casais como bons reprodutores, que já tinham dado sinal positivo anteriormente e este ano estão a provar, precisamente esse valor. Tudo esta a correr melhor porque os pombos estão mais maduros, mas o columbófilo também, após algum tempo parado o arranque é sempre difícil, cometem se erros e com o passar do tempo vamos cometendo menos. Este ano esta tudo em aberto, o rival é aquele columbófilo que seria bom em qualquer colectividade e em qualquer distrito e isso mantém esta equipa focada, vivos e com vontade de trabalhar. Na longa distancia este ano são 4 bons columbofilos em Cabeção na disputa e a ter sempre em consideração.

Rui Milheiras, 33 anos, o ajudante

IMG_5708

A forma de trabalhar neste pombal passa por reproduzir os borrachos que são colocados na secção que neste momento esta ocupada por parte dos machos voadores, o pombal numero 3. Os machos adultos no final da campanha passam a ocupar apenas a secção dos ninhos onde criam um borracho integralmente, depois  desse momento, os ninhos são fechados e os pombos permanecem na mesma secção, mas em poleiros e ficam fechados durante 3 meses, separados por sexos, até sensivelmente 15 Novembro, os borrachos saem todos os dias em voo livre.

Pombal 1 –  Reprodutores

IMG_5709

Até ao momento tem apostado nos dois sexos para competir, mas esta a ponderar, e apenas esta em equação o poder vir a fazer uma viuvez clássica, só com fêmeas, apenas voar machos borrachos para ir seleccionando, mas a decisão  não está tomada.

Filha Casal 1

6750 miguel cabecao

A semana neste pombal passa por voar os bandos duas vezes por dia, 45 minutos de cada vez, de manha e de tarde, ambos os sexos, ou seja 90 mn de voo diário. No dia depois da chegada de concurso, os pombos que competiram, não saem para voar, e nesse  dia comem apenas de forma ligeira, para entrarem nos eixos e começarem a semana a respeitarem as ordens de entrada. No dia seguinte tudo volta à normalidade.

Pombal 2 – Reprodutores

IMG_5711

Quando chegam de treinos e concursos, comem uma ração forte, não administra ração depurativa ou de chegada, afirma que depois de um dia duro de trabalho comer umas torradas e um chá não serve para ele,  um bom bife sim, então o pensamento para os seus pombos é igual e então serve uma ração rica em proteína. Depois segue à risca a tabela da Verselhe Laga, o que eles aconselham é isso que faz, sempre dentro da linha PLUS. Trabalha com 4 rações, todas da mesma casa.

Volieres dos reprodutores

IMG_5716

Antes do exercício precisamos de energia e proteína, o objectivo é trabalhar como se o pombo fosse um balão, vamos enchendo até que fica completamente cheio próximo do concurso e como nem sempre esta presente para alimentar os seus pombos e tem de ser o Rui a fazê-lo, o Miguel vai apanhando os pombos diariamente para analisar como esta a correr a semana e deixa apontado as gramas a administrar a cada pombo no dia seguinte. Se estivermos a falar de um concurso de MF os machos podem comer entre 38 a 40 gramas, num fundo mais e num velocidade podemos andar nas 35 g.

1º Distrital (Zona) Rutz X Neta do Kannibal de Koen Van Roe

6776 Miguel

O Rui é uma ajuda preciosa, ele já morava numa casa do Monte, onde estão implementados os pombais e onde a família do Miguel gere o seu negocio ligado à terra e à Pecuária, o ajudante gosta do animais, tem tempo para isso e é certinho nas horas que é meio caminho andado para o sucesso, é necessário alguma aptidão para o processo, mas a dedicação, o trabalho regular com estratégia e o empenho são fundamentais, isto em todos os desportos, não só na columbofilia.

IMG_5723

Como objectivo a curto e médio prazo: está tudo em aberto, os rivais são fortes e consistentes, gostava muito de ser campeão, sendo arrojado, não deixa de estar bem encaminhado.

IMG_5725

O Miguel quer muito agradecer a todas as pessoas que dedicam um pouquinho do seu tempo ao associativismo e que dinamizam a colectividade de Cabeção e a Associação de Évora. Quer agradecer também ao Rui pelo seu empenho e deixa um desafio à nova direção da ACD Évora que apesar de uma campanha tão difícil esta a fazer um excelente trabalho, que é o mexer no calendário por forma a trazer alguma verdade desportiva ao Distrito, até aqui isso não acontece, todas as provas são exactamente na mesma linha e é lógico que quando todas as provas são da mesma linha, os beneficiados são sempre os mesmos.

Filha do Rutz

6815 cabeção

Pombal de Fêmeas

IMG_5728

Não possui qualquer sistema anti acasalamento, normalmente como dispõe de duas secções para fêmea vai ficando atento e separando os casais logo desde o inicio.

IMG_5731

Durante a nossa visita a Cabeção um dos assuntos que abordamos com o Miguel foi o futuro da modalidade, e as pessoas que estão à frente da mesma, falámos do passado, presente e futuro. É com bons olhos que observamos que a nova geração apesar de ser de forma ténue, está a manifestar algum interesse pelo dirigismo e o exemplo disso, é a nova direção da ACD Évora. Achamos que ultrapassámos a fase de estagnação e do pessimismo, neste momento a máquina já dá sinais de vida e o facto de pessoas como o Miguel, de bem com a vida, jovem, dinâmico, um empresário de sucesso no ramo da Pecuária e Agricultura, estar a mostrar tamanho interesse em voltar à modalidade, crescer e manter-se a um nível competitivo alto, é sem duvida um sinal forte de reviravolta… vamos ao trabalho Miguel… vamos ao trabalho Évora. Foi um grande prazer conhecer estes pombos, instalações e os responsáveis por este projecto neste distrito do Alentejo, um bem aja aos dois e um resto de campanha espectacular.

1 Comment on Arranha Lobos SOC Agro Pec LDA

  1. Boa sorte e muitos sucessos!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: