Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Ruben Ramalho… S. Pedro do Corval – Évora – Campeão Absoluto 2017

Rúben Ramalho surpreendeu o autor aquando da nossa visita ao seu pombal. Moço novo, 25 anos de idade, começou com os pombos em 2007, voando o primeiro ano em 2008. Neste mesmo ano mais 3 amigos, que começavam a mostrar interesse pela columbofilia, iniciam-se todos ao mesmo tempo e  já se passaram 11 anos. No caso do Rúben começou num pequeno pombal onde actualmente habitam os machos reprodutores. Eram cerca de 50 pombos por oferta de amigos e columbofilos mais velhos da  colectividade de São Pedro do Corval: Corvalense, que conta actualmente com 18 columbofilos a competir. Fiquei surpreso, porque numa pacata povoação no interior do Alentejo, quatro jovens começam na columbofilia de uma assentada só, têm-se mantido no activo e dão sinal de que está de tal ordem enraizado que deve ser para a vida, não vá esta pregar-lhes uma partida. Surpreso também pela postura do Rúben que sendo parco em palavras revela um sentido de maturidade columbófila, que muitos columbofilos mais velhos não têm e mostra um sentido competitivo aguçado e moderno que nos deixa também muito satisfeitos e com esperança no futuro.

Frente do Pombal de Competição

IMG_5525

Este pombal é composto por 2 secções, logo à entrada e à esquerda encontramos um pombal para fêmeas adultas, no momento da nossa visita estava ocupado com as 15 fêmeas que estão destinadas ao próximo concurso de fundo. Mais à direita pudemos ver um pombal com ninhos que esta ocupado pelos borrachos, na sua grande maioria fêmeas, apenas vimos 4 ou 5 machos, mais as restantes fêmeas adultas que andam na velocidade e no meio Fundo.

Neta da Pomba Base

6472093

Durante este artigo vamos apresentar as duas linhas de pombos que marcam a diferença nesta colónia. Por um lado uma família, com ascendência Leo Heremans, mas que chegou ao Rúben das mãos de um amigo que traremos à conversa mais à frente, os nossos leitores podem ver fotos de 3 grandes pombas, a fêmea Base, a sua melhor filha, que já é a mãe das melhores voadoras do Pombal e uma filha desta que está fotografada em cima, portanto 3 gerações distantes entre si apenas um par de anos, e depois apresentamos também a foto de uma bela pomba, com um palmarés invejável.

IMG_5522

A partir de 2016 fez um novo pombal, começou a trabalhar e adquiriu alguns pombos, nomeadamente a Danilo Resende de Aveiro, a Ricardo Severino de Tolosa, Portalegre e a Sérgio Almeida do Porto, columbicultor. Comprou alguns borrachos e Reprodutores. Os resultados apareceram logo em 2017.

Mãe das Melhores Voadoras de 2017 e já 2018

4320325

Resultados 2017

Campeão Geral e Anilha Ouro

Campeão Velocidade e Anilha de Prata

Campeão Meio Fundo

Vice Campeão Fundo

Campeão Borrachos,  Anilha de Ouro e Bronze

Com bons resultados também na  zona Oeste do distrito

Conseguiu ainda ser Vice Campeão Concelhio

Pombal dos Machos Reprodutores… quando o Rúben começou a competir este era o seu pombal de voo

IMG_5520

O sistema adoptado para competir é o seguinte: 90 % são fêmeas , adultos apenas fêmeas e nos borrachos deixa 5 ou 6 machos no meio das pombas. Quando o tempo começa a aquecer, estes são retirados do pombal e vão para junto dos machos reprodutores, apenas regressam para receberem as parceiras à chegada dos concursos. No final da campanha selecciona os que ficam na reprodução.

IMG_5514

Os reprodutores estão confinados a 3 casais e cerca de 17 machos, não guarda muitas fêmeas especificamente para a reprodução, apenas ficam as extraordinárias. Todos os anos as melhores voadoras são acasaladas com os machos reprodutores e dai é feita a equipa do ano seguinte, cerca de 50 a 60 borrachos. Na chegada de treinos e concursos os machos reprodutores vão ao pombal de chegada dar uma ajuda aos borrachos na recepção das fêmeas.

A Pomba que marcou a viragem… tudo foi diferente quando esta menina entrou neste Pombal

Em muitas das viagens que fazemos, encontramos pombos de muita qualidade, mas esta senhora, é espectacular, um colosso na mão…vale a pena mexer nesta pomba e ficar ali a apreciar a sua estrutura e o seu comportamento… linda pomba.

1329500

Durante a semana a preparação dos pombos varia consoante o concurso que se avizinha, em termos de alimentação, não altera a composição da comida, apenas mexe na quantidade, dependendo do esforço que se aproxima, assim permite comer mais ou menos, pesa sempre a comida. Em termos de treino, os treinos em linha são utilizados duas vezes por semana se a prova for de velocidade e no caso de meio fundo mais complicado ou concursos de fundo faz apenas um treino semanal, nem sempre é possível sair para a estrada, mas quando o tempo permite guarda para quarta ou quinta feira o dia da saída, os restantes dias voam à volta de casa.

Secção Fêmeas Fundo

IMG_5529

Anualmente passam cerca de 50, máximo 60 fêmeas adultas de uma campanha para outra

Secção Borrachos e Fêmeas Velocidade e Meio Fundo

IMG_5532

Uma pomba especial, já durante esta campanha de 2018 sofreu um acidente e tem estado fora de competição, o autor pensa que foi uma sorte isso ter acontecido, poderá ser uma das pérolas que vai fazer a diferença na reprodução, deixa de correr o risco de se perder…já ganhou um lugar ao sol… Os pombos de Danilo Resende têm feito mesmo a diferença neste Pombal, esta é uma delas.

6076702

Interior do Pombal dos Borrachos que também funciona como Pombal de chegada.

IMG_5536

Uma relação próxima entre o tratador e os atletas. Uma particularidade, sendo dia de chegada de concurso os machos estavam no interior dos ninhos, fechados e as fêmeas competidoras chegavam e tinham contacto apenas visual com os parceiros.

IMG_5533

No final da entrevista, fomos até à colectividade atestar como tinham corrido as marcações, e correram bem com uma excelente fita. A Corvalense tem excelentes instalações, com uma sala enorme à entrada, um bar e uma terceira sala mais recatada para a direção e o conselho Desportivo.

IMG_5611

Pedro Cartaxo, quando entrámos, ocupava se  da realização da classificação semanal

IMG_5608

Quando questionámos o columbófilo quanto ao melhor pombo que teve, falou nos de uma pomba, super craque que foi a melhor Borracha do distrito em 2017, via Danilo Resende, fez 9 concurso, fez 6 dezenas, perdeu se no ultimo fundo, nunca mais regressou, linha do “86” e do Canhão.

Quanto a agradecimentos, Rúben Ramalho quer agradecer ao columbofilia Online por ter reparado na performance da sua equipa de Pombos e se ter deslocado a S. Pedro do Corval, ao Danilo Resende, e a Ricardo Severino por tudo, pelos pombos, pelas dicas na condução da colónia.

Mais uma volta, mais uma viagem. Cada vez gostamos mais do que fazemos, é um privilégio viver 24 horas à volta da columbofilia. Um bem aja a todos quantos contribuem para esta realidade. Obrigado. Um forte abraço ao Rúben e deixamos votos de muitos sucessos já a contar este 2018

1 Comment on Ruben Ramalho… S. Pedro do Corval – Évora – Campeão Absoluto 2017

  1. Continuação de grandes sucessos um grande abraço 🤗

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: