Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Asas de Monforte – Portalegre

Asas de Monforte, são os vencedores do Campeonato Distrital de Fundo em Portalegre em 2017. Esta equipa é composta por Vasco Maldonado, columbófilo de 31 anos e Júlio Bagorro de 63 anos de idade. Começaram esta parceria em 2011, e dai para cá com a junção da experiência com a irreverência da juventude, reacenderam a chama e os títulos têm surgido de forma constante e natural. Os pombais estão instalados na bonita localidade de Monforte, mas encestam preferencialmente em Arronches.

Vista Geral dos Pombais

IMG_8656

CO: Como foi o vosso início como columbófilos?

Júlio Bagorro: O meu início ocorreu na sociedade columbófila de Portalegre, começando a voar à 40 anos atrás.

Vasco Maldonado: O meu pai era columbófilo quando eu nasci, assim posso dizer que “cresci entre os pombos”.

No ano de 2009 tive os primeiros pombos, dos quais tratava e suportava os custos.

 A Sociedade Assas de Monforte foi criada no ano de 2011, sendo os pombos instalados no pombal do Júlio Bagorro em Monforte.

3299126

 As Linhas Cultivadas são:

Holandesas de Júlio Bagorro; Xantia do Piedade de Nisa; Olhos Verdes; Cagalanisso de Carlos Caeiro; Holandês de Pedro Barradas; Gamarra do Armando Bagorro; Hermans Ceusters da equipa Asas de Tolosa.

Á esq. Pombal de Reprodutores, ao centro Voadores Adultos e à dra. Borrachos

IMG_8657

 

Este ano foram adquiridos por oferta, duas fêmeas do amigo José Miguens de Estremoz, linha do 400, e três borrachos também por oferta de Ilicidio Trovão de S. Domingos de Reina Lisboa.

4338517

CO- Conte nos como começou esta história desta famosa linhagem: “Os Holandeses do Júlio Bagorro”?

 No início do ano de 1996 através do Mundo Columbófilo foi adquirida uma fêmea “Janssen” via Irmãos Simon.

No mesmo ano foi também adquirido um pombo macho do ano de 1995 ao Sr. Luís Galrão.

Ainda no ano  de 1996 este casal foi feito, e foram criados dois borrachos, um borracho não chegou a voar por ter batido numa antena e uma fêmea com o nº 6161873/96, toda esta geração partiu daqui…

Interior do Pombal 1 – Machos

IMG_8670

Importa salientar que o trabalho e a dedicação são essenciais para o bom desempenho dos nossos pombos. (Júlio Bagorro)

Interior do Pombal Reprodutores

 

IMG_8673

Cuidados durante a muda:

Após terminar a campanha os pombos são acasalados e deixamos criar um borracho. De seguida são separados por sexo, acabando a muda em descanso, damos banhos semanais, boa comida e água fresca.

5393407

Principais títulos Alcançados – Asas de Monforte:

A nível da colectividade Arronchense:

2011: Campeão geral, velocidade e grande fundo;

2012: Campeão geral, velocidade

2013: Campeão de meio fundo;

2015: campeão de velocidade

2017: campeão de fundo

 

A nível distrital, os melhores resultados a salientar são:   

      2012-                 3º Geral – 1º velocidade

       2015-                  2º Geral – 1ºvelocidade

2017-                 6º Geral – 1º fundo

6233256

O sistema de voo também é importante. Em finais de Dezembro, os pombos são acasalados, chocam +/- 10 dias, ai então separados por sexo. A nível da alimentação, é dada gradualmente e consoante o tipo de concurso.

Pombal de Fêmeas

IMG_8671

Fêmea embalsamada 6161873/96 (foto seguinte)

CO – Amigo Júlio conte nos a historia dessa craque que está embalsamada…

JB- A fêmea nasceu em 1996, no mesmo ano da mãe, portanto tardia e com uma criação muito difícil com problemas respiratórios sendo aconselhado várias vezes pelo amigo José Relvas a abate-la.

Em 1997, no inicio do ano quando começamos a fazer os 1ºs treinos aos borrachos ainda não estava em condições de voar, razão pela qual, não fez os 1os treinos. Na semana anterior a começar os treinos do clube, fui soltar os pombos a Aguiar, +/-20km de Évora, e 120km do meu pombal. No caminho encontrei-me com o meu irmão Armando. Quando chegamos a Aguiar disse ao meu irmão, espera, deixa-me soltar uma borracha para perder, pois era a primeira vez que era solta, e esperamos +/-10min e soltamos o resto dos pombos.

Quando cheguei ao pombal a Portalegre ainda só tinha chegado um pombo, a dita borracha que soltei para perder. Esperei mais um pouco e não chegou mais nenhum pombo.

Na altura ainda não havia telemóveis, então fui a casa e liguei ao meu irmão em Monforte, a 25km mais perto e também não tinha nenhum pombo.

Ou seja uma borracha de 4/5meses que poucas vezes tinha voado em volta do pombal deu um banho ao resto da colónia.

Nesta altura fazíamos em Portalegre os chamados treinos do clube. Nestes treinos a pomba apresentava-se sempre com os primeiros.

Começaram as provas e para minha surpresa foi nas primeiras cinco  provas sempre a 1ª pomba, ou em conjunto com os outros.

Após estas provas talvez pelos comprimidos que tomava devido a problemas respiratórios “Rovamicine”, que tomou em doses industriais, começaram-lhe a cair as penas, ficando desde essa altura a chamar-se a depenada.

Teve varias semanas parada, fazendo o final da campanha ainda 3 provas, sendo sempre a primeira.

 No 2º ano em que voou, teve sempre a mesma qualidade, sendo anilha de ouro distrital da geral e nas especialidades velocidade e meio fundo, acabando a campanha com uma prova de fundo onde fez 1º distrital.

 No terceiro ano ganhou igualmente 4 provas distritais de fundo. Fez a prova nacional de Barcelona e ganhou a zona onde estava inserida e fez 2º nacional. Chegou no 2ºdia por volta das 8,30. Chegou bem, e pareceu mostrar saúde. Durante a tarde começou a dar sinais de não estar com saúde, e no dia seguinte apresentou sinais de doença. Apresentava uma mancha nas narinas e as patas a mirrarem, e pensei logo, a pomba  bebeu o que não devia, e está intoxicada. Passado dois dias morreu… e foi então embalsamada, não ficou perfeita mas ainda a tenho e com a anilha na pata.

IMG_8706

 

CO – Os seus progenitores deram mais pombos de qualidade?

JB- Deste casal de reprodutores, pais da depenada, tireis vários filhos, voei com muitos, todos eles muito bons.

Tanto no meu pombal, como no pombal dos meus amigos a quem ofereci borrachos irmãos, sendo esta linha a base de muitos columbófilos no nosso distrito.

Houve um ano que no final da campanha nos primeiros 10pombos a nível distrital, eram 8 irmãos.

6235151

Relativamente aos seus descendentes já foram cruzados com inúmeros pombos, apresentando-se sempre bons resultados, salientando alguns títulos nacionais.

 Linda sala de Troféus

IMG_8715

Títulos Nacionais com os “Holandeses do Júlio”:

 1997- zona sul – 3º columbófilo geral. 7ºe8ºpombo

1998- Clássica nacional de El Saler zona sul 4º classificado

1998- Campeonato Nacional do pombo Às de fundo- 1º classificado

1998- Clássica Nacional Vinaros Zona sul individual  2º classificado

1999- Barcelona – raio 850 a 900Km -1º e 5º /o 1º pombo 2º Nacional

1999- Campeonato nacional- 2º e 3º pombo Às Fundo

1999- Campeonato nacional columbófilo – 4º classificado

2002- Campeonato nacional de maratona -7º classificado

2002- Campeonato Nacional- 3º classificado pombo Às de fundo

2003- Campeonado Nacional de fundo -8ºclassificado

2004- 31ºexposição nacional e 12ºiberica sport fundo 3ºclassificado;

          31º exposição nacional e 12ºiberico sport meio fundo 4ºclasificado

           Igualada/Barcelona nacional  – 1ºclassificado;

2005- Campeonato Nacional de Maratonas- 7ºclassificado

          Lérida nacional- 6ºclassificado

           Barcelona nacional – 7ºclassificado

Muitos dos troféus não têm espaço para serem expostos, apenas aqui estão os mais relevantes

IMG_8714

Um dia daqueles que todos os columbofilos procuram: conhecer bons columbofilos e bons pombos, convivemos com uma lenda viva da columbofilia Alentejana e Nacional. Obrigado por terem tirado um pouco do vosso tempo para nos receber, esperamos ter estado à altura das expectativas. Nem sempre captamos tudo o que os entrevistados nos dizem, ou processamos a informação da forma que nos é oferecida, mas fazemos o nosso melhor e assim vamos continuando a mostrar ao mundo o que bem se faz por cá…não somos inferiores a nenhum povo… apenas pensamos às vezes que sim… mas pelo contrário somos e temos muito de bom. Despedimos por hoje…até breve…

 

 

2 Comments on Asas de Monforte – Portalegre

  1. Grandes campeões e duas excelentes pessoas

    Gostar

  2. Parabéns CAMPEÕES, continuem assim apesar de serem duas gerações de Columbofilos os meus desejos é que continuem a dar-se bem e a alcançar muitas vitórias pois a Sorte cabe aos Audazes!…um grande abraço aos dois.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: