Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Mira & Piedade… a historia completa…

Mira & Piedade, uma dupla que se juntou pela primeira vez em 2006. Anilharam os primeiros borrachos nesse mesmo ano e em 2007 arrancaram com a competição. Os primeiros pombos que entraram nestas instalações vieram da casa do Mira que já era columbófilo, enquanto o Piedade seu grande amigo, nunca tinha concorrido, pesa embora o seu pai e um irmão serem já apaixonados por pombos. Desde o primeiro dia são concorrentes no Pinhal Novo, sendo que em alguns anos como é o caso deste de 2017 concorrem também no Montijo. São dois senhores da columbofilia do distrito de Setúbal. O Mira com a sua vida profissional, trabalha mais na retaguarda, enquanto o seu sócio dedica grande parte do seu dia a dia à condução da colónia. Têm conseguido resultados muito bons, nomeadamente o ano passado foram Vice Campeões Distritais de Velocidade, no segundo ano dos Campeonatos Nacionais de Fundo, também obtiveram um brilhante 8º lugar no conjunto dos dois concursos, mas o coroar de um enorme esforço foi o 1º Nacional de Valência I neste ano de 2017.

1º pombo Nacional constatado de Valência I 2017 ás 14.45.59 a uma média de 1517,805 de uma distância de 752,806 km.

campea nacional iValencia I 2017

Caros leitores, reparem no carinho que o columbófilo revela no seu olhar… também são os pais da Campeã Nacional…

Pai e mãe da Campeã nacional Valência I 2017

Mira e Piedade

Quase todos os bons pombos desta equipa pertencem à mesma família, anualmente entram pombos novos, uns melhores outros piores, mas nenhuns conseguem chegar na frente desta família de campeões. Alguns têm acrescentado algumas boas características a esta linhagem, nomeadamente um macho que até chegou recentemente , via CIC.

Um macho fantástico na mão. Um pombo adquirido num leilão do Algarve Golden Race.

Pai da “Madona”

01103 415

A mãe da “Madona” é uma filha do Patriarca “Houben” quando cruzado a uma fêmea Alemã que infelizmente já faleceu. Antes de morrer e sempre acasalada com o “Houben” deixou inumeroso pombos de top, nomeadamente alguns campeões distritais, muitos…muitos 1º s prémios e presentemente numa reprodução que não passa de 15 casais, encontram se 9 filhos desse casal, todos foram voadores e todos se destacaram por ter obtido grandes resultados.

Filha: (“Houben X Alemã)

359247

O autor ficou de boca aberta com uma das respostas que recebeu… Perguntámos aos campeões:

CO– qual o sistema de voo que mais gostam, viuvez, semi viuvez, natural?

M & P– O que é isso? Desconhecemos por completo. Aqui no nosso pombal os pombos são tratados assim, e não sei como se chama isso, passam a noite juntos, são treinados em linha juntos, passam grande parte da manhã juntos, depois são separados, não para os castigar, mas apenas para se alimentarem convenientemente e descansarem e depois são juntos novamente, comem quanto queiram e são encestados semanalmente… é uma alegria vê los sempre contentes e regressam rápido porque gostam de viver aqui.

Pombal dos Machos

IMG_2412

 

O grande Patriarca. Presentemente 9 dos seus filhos estão na reprodução, foi adquirido em Portugal pela modesta quantia de 25 euros. Que dinheiro bem empregue…

Pai, Avô e Bisavô de inúmeros craques

9214634

Na totalidade as instalações são assim compostas:  3 pombais que passamos a descrever na integra. 1 pombal de voadores dividido em duas secções de 2,5 metros cada, com ninhos para machos, outras duas secções do mesmo tamanho só com poleiros para fêmeas. Depois um pombal de reprodutores com duas secções, uma com os preferidos, e outra com as amas que ajudam na criação dos borrachos. Normalmente as amas até são irmãos dos melhores reprodutores mas que nunca tiveram a sua oportunidade. Por fim um pombal para Borrachos.

Pombal de Fêmeas

IMG_2417

Vista do corredor interior na frente das várias secções.

Aqui são abeberados e alimentados os pombos…com a particularidade de não haver os tradicionais bebedouros…quem quer beber encontra nas entijolas de barro sempre agua fresca.

IMG_2418

Mira com uma filha do Patriarca na mão, junto aos pombais de reprodutores, mais uma vez o olhar não engana…um carinho especial

IMG_2421

Pombal de Borrachos

Todos os anos são tirados cerca de 80 borrachos, e logo bem cedo, como os leitores podem observar nesta foto que se segue, são já os borrachos de 2017. São tirados nesta altura e no máximo até à primeira quinzena de Julho. Desta forma evitam os picos do calor, o aparecimento de doenças e o esforço que os reprodutores têm de fazer nessa altura para criarem em boas condições os filhos. Por outro lado também querem borrachos maduros porque iniciam os treinos em linha em meados de Dezembro e a partir dessa altura são quase diários, é preciso estofo para aguentar este calendarizo de treinos e borrachos tardios não se adaptam muito bem a este esforço. Enquanto a associação de Setúbal fez a outra linha de soltas a Nordeste, não eram necessários tantos pombos, mas com a mudança para leste, os pombos têm de trabalhar mais  e desta forma são preciso mais pombos adultos de um ano para o outro.

IMG_2190

Quem conhece sabe do que vou falar, são duas pessoas espectaculares, quer o Mira quer o Piedade, é sempre boa disposição e um sorriso aberto e sincero…e por sentir essa abertura …perguntei…qual o segredo do vosso sucesso?… respondeu me o Piedade: “são os treinos em linha, os nossos pombos têm de treinar o mais parecido possível com a competição e por isso não treinamos à volta do pombal, diariamente são apanhados e treinam em linha, depois é a qualidade dos pombos, cada vez que um pombo de destaca ou nos diz ser um craque independentemente da idade passamos ele à reprodução. Os nossos borrachos com este sistema ganham bem na velocidade e no meio Fundo e apostamos neles para essas provas, e os pombos adultos, ou seja a partir de um ano de idade fazem os fundos  e apenas esporadicamente um desses pombos vem ás provas mais curtas. Hoje não acreditamos nos pombos de velocidade e nos pombos de Fundo, acreditamos na maturidade dos pombos, enquanto novos e inexperientes voam determinados concursos e depois voam outro tipo de provas”. Que frase sábia amigo Piedade. Aliás foi um enorme prazer visitar esta equipa, pela simpatia, mas também pela simplicidade na partilha e no à vontade a falar da forma como conduzem a colónia. Fiquei fã…um bem aja e até breve… Parabéns mais uma vez e continuem o bom trabalho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: