Portugal Campeão do Mundo de Columbofilia 2018

Adelino Manta – Fernão Ferro – Setúbal

Adelino Manta um columbófilo natural de Sesimbra, actualmente a residir em Fernão Ferro, distrito de Setúbal e concorrente na Secção columbófila do clube IFC Torrense, na Torre da Marinha. Um jovem de 60 anos que se iniciou na columbofilia em 1986. No ano de 1993 para 1994 viu se obrigado a suspender a sua actividade columbófila, não sem antes no ano de 1992 se sagrar campeão geral do Clube do Fogueteiro, na altura que este clube era uma catedral no distrito de Setúbal. Regressa entretanto no ano 1999 ainda ao Fogueteiro, e em 2000 muda se para a Torrense onde concorre até aos dias de hoje. Por essa altura a sua morada ainda era em Sesimbra, mas por falta de um clube na sua área de residência tomou essa opção. Nos primeiros anos, e logo desde o seu inicio na columbofilia deu sinais de ter jeito para vencer. Naquela altura não havia descontos ou tempos a dar, apenas contava a hora de chegada e mesmo estando numa posição geográfica desfavorável e ter um dos pombais mais longe das soltas já vencia 1ºs prémios.

Vista Frontal dos Pombais de Voadores

manta frente pombal

O seu primeiro campeonato disputado, que foi no ano de 1987, começou com apenas 18 atletas e terminou só com 4, mas esses, fizeram a sua colónia, que se tornou ganhadora e que muitos títulos lhe trouxe até aos dias de hoje. Verdade que muitas introduções foram feitas dai para cá, nomeadamente, pombos que entraram e fizeram a diferença por exemplo os lilázes do seu primo Alves, os Armindos de César Timóteo, do mesmo pombal os “Monos” que chegaram logo em 1992. Por causa de um casal destes pombos que por sinal se revelaram extraordinários, perpetua uma amizade até aos dias de hoje. Outros pombos de bom nível que entraram foram uns pigarços já cultivados há várias décadas na zona de Setúbal e os Vinua, nomeadamente, uma fêmea extraordinária de Ceia, que reproduziu muito pouco tempo, mas o resultado foi extraordinário. Tentou e conseguiu adquirir uma irmão por uma pequena fortuna, mas os resultados não foram os esperados, a 1º sim era a craque.

4321089

Com o passar dos anos os Armindos perderam o seu fulgor e acabaram por se extinguir no seu Pombal. Conseguiu recuperar os “Monos” e os Lilázes no seu recomeço em 1999. Presentemente algumas ofertas de amigos, chegaram ate si. Estes novos pombos têm sido uma mais valia na projecção e na consolidação da sua equipa de reprodutores e voadores, têm feito diferença de forma significativa. Comprou também alguns e outros oferecidos do pombal de Fora D`horas. Deste pombal chegaram muito bons pombos. Não podemos esquecer nesta historia também o pombo que venceu a anilha de ouro de Fundo e Ouro geral em 2016 que foi ele também uma oferta, neste caso na pessoa do senhor Van Gall, como é conhecido, da Torre da Marinha e que tem uma colónia que não está a competir neste momento, mas continua a alimentar várias equipas do distrito e também algumas em distritos além fronteiras, com excelentes prestações.

Pombal das Fêmeas

IMG_2166

Algumas das ofertas que se revelaram de excelente qualidade e que venceram anilhas, esses mesmos prémios, no final de cada campanha foram oferecidos aos ofertantes dos pombos, em jeito de agradecimento.

4503085

 

Voliere das Fêmeas

IMG_2167

Campanha 2016

Secção Columbófila IFC Torrense

Campeão Geral

Campeão Velocidade

1º,2º,3º Melhores Pombos Campeonato Geral

1º e 2º Melhores Pombos Campeonato Velocidade

1º Melhor Pombo Campeonato de Fundo

 

4316120

Pombal do Machos

manta pombal

Atenção a esta grande fêmea, ainda não terminou a sua carreira como voadora e já conta com 3x 1º, dois dos quais de zona…um percurso a acompanhar… a sua linhagem só será conhecida depois de terminada a sua carreira desportiva…

5408160

 

1988 o ano do seu primeiro titulo. Dai para cá venceu especialidades todos os anos e muitos campeonatos gerais. Num passado não muito distante e na altura que por estas paragens se faziam apostas a serio, chegou a ganhar 30 contos por fim de semana…eram campanhas que se pagavam a elas próprias e ainda sobrava algum. Tudo era apontado numa caderneta que é guardada com elevada estima e bem conservada.

apontamentos manta

 A saúde tem atraiçoado este senhor da columbofilia, deixando um braço com pouca mobilidade o que torna as lides diárias mais pesadas, mas a dedicação e o amor que sente pelos pombos vai suplantando as dores e mesmo em dias de fazer serviço no clube, embora se resguarde, lá vai carregando as caixas e ajudando no que pode.

IMG_2148

Este  columbófilo e amigo, sente se agradecido  a César Timoteo e a Fora D´horas que impulsionaram verdadeiramente a qualidade dos pombos que possui e possuiu ao longo de muitos anos.

manta imagem destaque

Da casa do autor ao pombal do Manta vai uma curta distância, somos adversários enquanto os pombos estão a chegar de concurso e amigos durante toda a semana. Quem conhece o autor sabe que admira os bons pombos, os bons columbófilos, quem respeita a modalidade, quem vence, quem perde, e o facto de competirmos na mesma colectividade não muda nada do que aqui se escreveu. Parabéns pelos resultados, parabéns pelos excelentes pombos que manuseamos sempre que ai vou e sei que a porta está sempre aberta tal como a porta de Quinta das Flores também está. Até breve…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: